linkedin google plus facebook twitter
Home / Referências / 10 erros comuns sobre referências

10 erros comuns sobre referências

referencias-erros

Com a atenção focada em CVs, cartas de apresentação e entrevistas, muitas vezes os candidatos negligenciam a importância das listas de referências. Conheça aqui 10 erros comuns no que toca a referências, segundo a revista Money.

1) Escrever “Referências disponíveis mediantes solicitação” no CV

Não desperdice espaço útil do seu CV. Os recrutadores já sabem que podem pedir referências.

2) Enviar referências sem tal ser pedido

Entregue apenas referências quando lhe pedem. Isso mostra que o processo de recrutamento está avançado e que o empregador tem um interesse potencial em si. Ao entregar referências a todos os empregadores, poderá estar a sobrecarregar o tempo dos seus contactos, podendo vir a perder a sua disponibilidade no futuro.

3) Não preparar as referências

As suas referências devem saber os seus objectivos e o tipo de posições a que se está a candidatar.

4) Escolher referências irrelevantes

Se alguma das suas referências não tem nada a dizer sobre si profissionalmente, provavelmente fez uma escolha errada. Não caia no erro de referir amigos ou família. Peça referências apenas a quem o conhece e reconhece o seu trabalho. Quanto mais recentes as referências, melhor.

5) Não pedir autorização

Peça sempre autorização antes de indicar referências. Se não o fizer, a pessoa em causa poderá ser apanhada de surpresa e fazer uma recomendação pouco impressionante.

6) Escolher as referências erradas

Certifique-se que as referências que escolhe não só o conhecem, como admiram e respeitam o seu trabalho. Só assim conseguirá recomendações com o impacto desejado.

7) Não actualizar os contactos

Se a sua lista de referências for entregue com os contactos desactualizados de nada lhe serve a referência, já que os recrutadores não serão capazes de a contactar.

8) Ter referências antigas

Chefes ou colegas que trabalharam consigo há 10 anos terão maior dificuldade em lembrar-se de si e fazer boas recomendações. Por outro lado, o recrutador poderá ficar a perguntar-se porque é que não teve outras referências relevantes no tempo que passou entretanto.

9) A lista ser demasiada curta ou demasiado longa

Procure ter entre 3 e 5 referências e pergunte ao recrutador em que tipo de referências está interessado.

10) Não levar as referências para uma entrevista

Não leve apenas cópias extra do seu CV para uma entrevista, leve também a sua lista de referências para o caso de a pedirem.

 

Leia o artigo original aqui.

 

About Alerta Emprego

O Alerta Emprego é um portal de emprego que ajuda empresas e recrutadores a encontrar os melhores candidatos e a gerir processos de recrutamento. Além de promover anúncios de emprego, o Alerta Emprego funciona como uma base de dados de CVs pesquisável, tornando mais fácil a procura de candidatos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*