3 passos rápidos para melhorar a sua carta de apresentação

Uma das perguntas mais comuns dos candidatos é “Preciso mesmo de uma carta de apresentação?”. A resposta é simples: Sim! Uma carta da apresentação é necessária uma vez que influência a sua primeira impressão junto dos recrutadores e é o que o distingue de um candidato que se enquadra naquilo que procuram de um candidato desadequado.

Utiliza sempre a mesma carta de apresentação, ano após ano? Utiliza um template pré-definido onde declara o seu entusiamo? Ou tem um texto com 600 palavras vagas e que raramente são lidas?

Então é altura de fazer alterações! Conheça três passos para melhorar a sua carta de apresentação rapidamente:

1º Passo: Analise a oportunidade

Leia e releia o anúncio de emprego e informação relativa à empresa. Identifique os requisitos para a função e veja se corresponde às suas competências e experiência.

Utilize estes itens para o seu primeiro parágrafo e cative o recrutador desde o início demonstrado que se enquadra no perfil pretendido. Evite começar com frases demasiado vagas e apresente-se com um candidato com valor.

2º Passo: Evidencie as suas mais-valias

O próximo passo é explicar por que motivo se enquadra na função. Com base naquilo que aprendeu sobre a empresa e o anúncio, identifique as suas principais competências e evidencie-as.

Sempre que possível, quantifique aquilo que alcançou e os pontos altos da sua carreira.

3º Passo: Identifique os próximos passos

Este passo é o mais fácil mas é tão importante quanto os dois primeiros. O último parágrafo é onde tem oportunidade de sugerir os próximos passos a seguir. Na maioria dos casos, a melhor estratégia é comprometer-se em voltar a entrar em contacto com a empresa para saber novidades (e cumprir).

Disponibilize-se também para oferecer toda a informação adicional necessária e agradeça ao recrutador por ter a sua candidatura em consideração.

Fonte: Careerealism