linkedin google plus facebook twitter
Home / Candidaturas / Curriculum Vitae: Aprenda a optimizar online

Curriculum Vitae: Aprenda a optimizar online

Enviar um Curriculum Vitae e ficar à espera de resultados não é suficiente. Alguns CVs, acabam por nem ser lidos. Para encontrar o emprego que procura,  deve ser pró-activo e trabalhar o seu CV de forma inteligente, para que este seja lido mais vezes pelas pessoas certas.

Optimize-CV

Há motores de busca a pesquisar o seu CV

Para escrever um CV vencedor, é importante compreender que por vezes o trabalho de pesquisa e selecção também é feito por motores de busca sofisticados, e não apenas por pessoas.

Estes sistemas pesquisam e seleccionam CVs de forma automática e ajudam empresas e recrutadores a separar o trigo do joio. O resultado pode não ser perfeito, mas é eficiente e ajuda a filtrar CVs, acabando por ser um mal necessário quando o número de candidaturas é muito elevado.

Os motores de busca das bases de dados são mais utilizados para:

  •  ATS (Automatic Tracking System): permite ordenar e prioritizar CVs de candidatos com base no seu grau de relevância/correspondência para a descrição da oferta de emprego em causa. 
  • Pesquisas: permite que recrutadores pesquisem candidatos de forma pró-activa, sendo os resultados devolvidos com base na sua relevância para os critérios de pesquisa definidos.

Aposte em SEO!

Dado que muitas vezes são motores de busca a “ler” o seu CV, deve apostar em Search Engine Optimization, que consiste basicamente num conjunto de técnicas que podem ajudá-lo a subir no ranking de resultados de pesquisas.

Para perceber a  importância de SEO, basta pensar no número de vezes que vai à segunda página de resultados do Google… Assim, deve procurar optimizar o seu CV para que este seja mais vezes encontrados nas pesquisas dos motores de busca.

Conheça algumas técnicas úteis, elaboradas pelo site Candidate Advantage.

#1 Escolha as palavras-chave certas (as mais usadas pelos recrutadores)

  • Crie uma lista de palavras-chave de forma intuitiva. Pense como um recrutador e pergunte-se: “Se eu estivesse a procurar online pelo meu tipo de perfil profissional, que termos utilizaria?”.
  • Consulte sites como Google Adwords para compreender os termos que são efectivamente mais pesquisados online. Ao inserir os termos de pesquisa por si definidos, esta ferramenta irá devolver-lhe termos relacionados mais pesquisados.
  • Faça uma análise crítica das ofertas de emprego que estão no mercado actualmente e compreenda o tipo de palavras mais utilizados na sua área. Faça esta análise ao nível do título do cargo, competências ou requisitos. Ao utilizar o mesmo tipo de vocabulário que os recrutadores, será certamente mais vezes encontrado.

#2 Certifique-se que está a optimizar as palavras-chave que escolheu

Pode utilizar sites como o  www.textalyser.com para medir a força das palavras-chave que está a utilizar no seu CV. Certifique-se que consegue uma frequência de 3% a 7% para as palavras-chave principais e 1% a 2% para palavras-chave secundárias.  

#3 Seja específico

Na prática, é impossível prever os termos de pesquisa dos recrutadores. São tantas as possibilidades, que nunca se sabe qual utilizarão. Não generalize ou resuma o seu CV para ser mais eficiente. Liste todos os detalhes relevantes do seu perfil. Lembre-se que o nível de relevância das suas competências e experiências depende das ofertas a que se está a candidatar.

Posicione-se, por exemplo, como “Programador com experiência em Java, J2EE, EJB, Swing, Hibernate e XML” e não como “Programador com experiência em JAVA, J2EE, entre outras”

Optimize o seu espaço. 1 página é adequada para recém-licenciados, 2 páginas para profissionais com alguma experiência e até 3 páginas para profissionais com 15 a 20 anos de experiência.

#4 Publique o seu CV

De nada vale ter um óptimo CV se este está apenas na sua secretária. Deve colocar o seu CV online para que outros o possam encontrar. Eis alguns exemplos de onde pode publicar o seu CV:

  • Portais de emprego com base de dados pesquisável (como é o caso do Alerta Emprego em Portugal)
  • Perfil de  Linkedin
  • Website pessoal
  • Blog
  • Áreas de carreiras/recrutamento em sites de empresas

#5 Actualize o seu CV regularmente e certifique-se que se mantém relevante

Quase todas as bases de dados tem um filtro de pesquisa para data de actualização. Faz sentido, uma vez que os recrutadores querem encontrar os profissionais que estão com maior disponibilidade e interesse em mudar de emprego. Certifique-se que actualiza o seu CV de 3 em 3 meses.

Lembre-se também que todo este processo diz respeito a optimização do CV. O seu CV deve continuar a reflectir de forma honesta e transparente o seu perfil.

 

Nunca será recrutado se não for encontrado. Ao seguir estes princípios simples pode passar para o topo da lista e garantir que alguém vai ler o seu CV!

 

About Alerta Emprego

O Alerta Emprego é um portal de emprego que ajuda empresas e recrutadores a encontrar os melhores candidatos e a gerir processos de recrutamento. Além de promover anúncios de emprego, o Alerta Emprego funciona como uma base de dados de CVs pesquisável, tornando mais fácil a procura de candidatos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*