linkedin google plus facebook twitter
Home / Recrutamento / 6 desvantagens que horários flexíveis podem trazer

6 desvantagens que horários flexíveis podem trazer

As seis falhas dos “Horários Flexíveis”

Ter horários flexíveis pode ser uma regalia que muitos funcionários procuram, no entanto há algumas coisas que deve considerar antes de alterar a forma como a sua empresa funciona.

Conseguir que os colaboradores estejam felizes e motivados é o objectivo da maioria das empresas. Mas será que implementar horários flexíveis é a solução?

Alguns especialistas afirmam que oferecer esta flexibilidade traz benefícios e muitos trabalhadores confessam que é um factor importante para eles. No entanto, antes de permitir que os seus colaboradores construam o próprio horário, é importante que tenha conhecimento das potenciais falhas, que lhe apresentamos de seguida com a ajuda do Fast Company:

1. Pode ter um impacto negativo na comunicação

Agendar reuniões e obter respostas rápidas a chamas e emails começa a ser mais complicado quando o horário de trabalho varia consoante o dia e o funcionário. Este factor, pode atrasar o desenvolvimento de projectos importantes e, desta forma, ser prejudicial para o sucesso da empresa.

A melhor solução é definir um horário em que todos os funcionários estejam conectados.

2. Pode criar falhas no serviço prestado

A flexibilidade de horários pode prejudicar a relação da empresa com os clientes, colocando outros funcionários em “pressão” quando a pessoa responsável não está presente.
Para além disso pode acontecer que não tenha funcionários suficientes para desempenhar as funções em determinados momentos.

3. Pode prejudicar a cultura empresarial

Se existir competição na empresa ou se a pessoa responsável nunca tiver folgas, os funcionários podem sentir-se pressionados para não aderir aos horários flexíveis e criar uma cultura de “workaholics”.

Para além disso, ter funcionários a trabalhar em casa ou com horas de trabalho variáveis, pode prejudicar o relacionamento entre os colegas e reduzir os momentos de convívio.

4. Pode diminuir a produtividade

Horários flexíveis podem levar aos esgotamento dos funcionários. Mesmo que não estejam a trabalhar mais horas do que o normal, mas podem sentir que estão a trabalhar em todos os momentos ou sentirem-se forçados a trabalhar mais por não terem horas estruturadas.

Para além disso, quando os colaboradores estão fora do escritório, não consegue controlar e evitar as descrições. É importante que defina prazos para as tarefas estarem realizadas.

5. Alguns colaboradores podem não cumprir

Se a política da empresa relativamente aos horários não estiver bem definida, alguns funcionários podem relaxar demasiado e trabalhar menos que o necessário e passar mais tempo a realizar actividades pessoais e recreativas.

É importante que, em conjunto com os colaboradores, esclareça bem quais as expectativas da empresa, quais os prazos das tarefas e como o trabalho deve ser feito.

6. Pode ser uma ilusão

As empresas que vêm esta opção como uma forma de atrair o melhor talento podem estar enganadas. Independentemente da flexibilidade dos horários ou não, o mais importante é que cada colaborador saiba gerir o seu tempo (e a sua vida) da melhor forma possível para conseguirem atingir os resultados que procuram.

 

About Alerta Emprego

O Alerta Emprego é um portal de emprego que ajuda empresas e recrutadores a encontrar os melhores candidatos e a gerir processos de recrutamento. Além de promover anúncios de emprego, o Alerta Emprego funciona como uma base de dados de CVs pesquisável, tornando mais fácil a procura de candidatos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*