São mais de sete mil os funcionários da Nike que vão ver os seus salários aumentados. A marca de desporto prevê ainda fazer uma reavaliação da forma como os prémios são atribuídos, isto, para reduzir a diferença salarial entre homens e mulheres.

A notícia é avançada pela estação televisão CNBC, que teve acesso a um documento interno que indica que a empresa propõe rever os critérios de atribuição de prémios.

A empresa também pretende ajustar os salários a 10% dos seus colaboradores, homens e mulheres, para que estes possam receber os mesmos valores, ao realizarem o mesmo trabalho.

A Nike garante ainda que no próximo ano fiscal pagará prémios aos seus colaboradores com base no seu desempenho geral, e não pelo método atual, e que também terá em consideração o desempenho individual e da equipa.

 

Fonte: Notícias ao Minuto