linkedin google plus facebook twitter
Home / Carreiras / Como fazer um currículo eficaz depois de ser despedido

Como fazer um currículo eficaz depois de ser despedido

Como escrever um currículo eficaz depois de ser despedido

Uma pessoa pode ser dispensada de um trabalho por diversas razões. Contudo, um potencial empregador pode não ficar impressionado por alguém que tenha sido despedido.

Caso se encontre nesta situação, deve ter algumas questões em consideração, se quer impressionar um recrutador:

  • Como pode impressionar uma empresa que esteja a recrutar, uma vez que foi despedido?
  • Deve incluir esse trabalho no seu currículo?
  • Como deve responder se lhe perguntarem o motivo da sua saída?

Compreensivelmente, deve ter muitas dúvidas. Contudo, de acordo com o Careerealism, existem formas de responder sinceramente e tornar a situação menos constrangedora.

Antes de enviar o seu currículo numa próxima candidatura tenha em consideração o seguinte:

A sua última experiência é relevante?

Caso não seja de todo relevante, não precisa de a colocar no seu currículo. As empresas estão interessadas sobretudo nas situações profissionais com mais relevância e nas competências que possam ser úteis para eles.

Pode tentar dividir o seu currículo em duas secções: “experiência relevante” e “outras experiências”.

Por quanto tempo ocupou esse cargo?

Se ocupou o cargo por apenas alguns meses ou semanas, não é necessário referi-lo no seu CV.

Tente verificar se o intervalo na sua cronologia pode ser uma preocupação para o empregador. Actualmente, não é incomum haver candidatos que estão um período de tempo sem fazer nada até encontrarem um novo trabalho.

Qual foi o motivo do despedimento e qual a gravidade?

Foi despedido por falhas na sua performance ou por condições fora do seu controlo? Caso tenha sido a segunda hipótese, deve colocar no currículo a razão – redução de funcionário, deslocação da empresa, ou reestruturação interna.

 

Acima de tudo, seja honesto consigo e, na sua situação em concreto, pense no que deve responder.

Responder às questões acima irão ajudá-lo a decidir se é apropriado incluir essa experiência na sua candidatura ou não.

Caso decida incluir, tenha em atenção as seguintes dicas que temos para si, para o ajudar durante o processo de recrutamento:

1. Apresente as suas realizações profissionais

A sua missão é ir a uma entrevista e deixar uma boa primeira impressão. Não precisa de referir que foi despedido, a não ser que a pergunta lhe seja feita.

Lembre-se que realçar aquilo que já alcançou e conquistou profissionalmente.

2. Não insulte o seu antigo chefe

Mesmo que tenha sido despedido e se sinta injustiçado pelo seu chefe ou colegas, uma candidatura não é o local apropriado para os criticar. Caso o faça, vai mostrar pouco profissionalismo e focar a atenção dos recrutadores em aspectos negativos.

3. Não minta

Caso lhe façam alguma pergunta sobre o assunto, seja sincero. Contudo, tente ser breve, não dar demasiada importância ao assunto e avance para aspectos positivos do seu currículo.

4. Faça uma lista de referências

Reúna um conjunto de contactos de referências profissionais, que a empresa possa contactar e que possam confirmar as suas competências.

Podem ser pessoas com quem já trabalhou, sejam colegas, clientes, fornecedores ou antigos chefes. Estas referências podem ajudá-lo a desviar atenções negativas que possa surgir relacionadas com o facto de ter sido despedido.

 

Ser despedido significa que tem mais um obstáculo para ultrapassar, contudo não é impossível. Tudo depende da forma como se apresenta e como faz referência e fala da situação.

Mantenha-se positivo, fale sobre o assunto de forma assertiva e rápida e reforce as suas competências e qualidades.

 

About Alerta Emprego

O Alerta Emprego é um portal de emprego que ajuda empresas e recrutadores a encontrar os melhores candidatos e a gerir processos de recrutamento. Além de promover anúncios de emprego, o Alerta Emprego funciona como uma base de dados de CVs pesquisável, tornando mais fácil a procura de candidatos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*