linkedin google plus facebook twitter
Home / Carreiras / A crise deixou um amigo desempregado? 8 dicas para ajudá-lo

A crise deixou um amigo desempregado? 8 dicas para ajudá-lo

A crise deixou um amigo desempregado 8 dicas para ajudá-lo

A crise tem afectado cada vez mais profissionais. A perda repentina de um emprego pode desencadear uma sucessão de conflitos internos e externos e, até mesmo, causar uma depressão.

Neste momento, o desempregado questiona-se sobre muitas coisas e uma delas é “onde estão os amigos?”, afinal muitos amigos desaparecem em momentos mais difíceis. Porém, pode haver uma parcela que não permanece tão presente por não saber como lidar com a situação.

Marc Tawil reuniu oito sugestões para quem não sabe lidar com um amigo desempregado ou, então, que já não quer usar o mesmo discurso. Veja a seguir:

1. Saiba ouvir

Não seja indiferente para com o seu amigo. Preste atenção ao que ele tem a dizer e seja sincero com as suas respostas.

2. Integre-o no seu networking

Coloque-o em contacto com sua rede de networking, o que poderá facilitar e até agilizar a sua recolocação profissional. Veja quais são os profissionais da sua rede que são mais relevantes para a área de actuação do seu amigo e apresente-os. Se for o caso, explique-lhe sobre a importância do networking na procura de emprego.

3. Incentive-o a manter o foco

Ajude-o a manter-se focado e a usar o tempo livre para melhorar as suas capacidades profissionais. Novas competências melhoram sempre o currículo de alguém desempregado.

4. Treine-o para uma entrevista de emprego

Sair-se bem na entrevista de emprego é fundamental para continuar na “luta” pela vaga. Faça o papel do recrutador e entreviste-o tendo em conta não apenas o cargo para o qual concorre, mas também o seu histórico profissional. Inclusive, faça algumas perguntas traiçoeiras para que ele saiba lidar com o nervosismo e com perguntas difíceis.

5. Esteja atento às vagas de emprego

Como muitas vagas são preenchidas sem a necessidade de um processo selectivo, visto que há indicações entre os próprios colaboradores da empresa ou na rede de networking, é provável que se depare com uma oportunidade que o seu amigo não tenha conhecimento.

Avise-o quando isso acontecer ou, se conhecer o profissional responsável pelo recrutamento, encaminhe um resumo sobre o histórico profissional do seu amigo. Se preferir, poderá pedir ao seu amigo que lhe envie um breve texto (cinco linhas) com a formação académica, idiomas e habilidades, e assim, terá algo em mãos para enviar mais rapidamente.

6. Seja subtil

Uma palavra mal utilizada ou mal interpretada poderá chatear o seu amigo desempregado. Escolha sempre uma comunicação positiva para motivá-lo.

7. Seja amigo

Além de todo o auxílio no lado profissional, marque actividades de lazer para ajudá-lo a colocar o stress do desemprego de lado. Opte por um jantar na sua casa ou actividades gratuitas, como ir ao parque, praticar um desporto, entre outras.

8. Seja sincero

Nunca ofereça ajuda se não tiver tempo ou se não souber como ajudar. Evite, por exemplo, dizer que irá colocá-lo em contacto com um profissional para uma vaga aberta ou enviar o currículo para uma empresa na qual tem contactos, se não for fazê-lo.

About Alerta Emprego

O Alerta Emprego é um portal de emprego que ajuda empresas e recrutadores a encontrar os melhores candidatos e a gerir processos de recrutamento. Além de promover anúncios de emprego, o Alerta Emprego funciona como uma base de dados de CVs pesquisável, tornando mais fácil a procura de candidatos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*