Os candidatos que procuram emprego precisam de ter alguns cuidados com o seu “alvo”. É importante fazer um árduo e ativo trabalho de pesquisa, pois a procura de emprego é um jogo de números. Quantos mais empregos você se candidata maior são as oportunidades de alcançar uma entrevista.

Por outro lado, não vale a pena candidatar-se a uma oferta que não lhe agrade ou que à partida sabe que não tem quaisquer hipóteses.

Como tal, precisa de candidatar-se aos empregos certos. Empregos esses, para os quais tem as qualificações certas e uma boa hipótese de ser selecionado, pelo menos para uma entrevista.

Então como decidir se candidata a um emprego ou não?

Veja algumas dicas que podem ajudá-lo a decidir a quais empregos se pode candidatar:

Elabore uma lista das caraterísticas que mais aprecia para o trabalho ideal.

Pense em sete ou mais pontos que contenha o seu emprego perfeito. Por exemplo, aplicar a sua licenciatura, oportunidade de observar os resultados do seu trabalho, o contacto com a pessoas, aplicar as suas competências de escrita, potencial crescimento, oportunidade adquirir conhecimentos em várias áreas, próximo de casa e o equilíbrio entre o profissional e o pessoal.

Não se candidate a um emprego ao qual está indeciso

Certifique-se que o emprego apresente pelo menos um terço dos elementos do seu trabalho ideal. Parece óbvio, mas a realidade é que muitas pessoas se candidatam a ofertas que não querem. Pergunte-se a si mesmo se realmente faria sentido receber um contacto para uma entrevista. Apenas se candidate a empregos poucos atraentes se tiver mesmo necessidade disso.

Caso contrário, dedique os seus recursos para ofertas de emprego melhores.

Elabore uma lista de 8 a 10 competências mais convenientes e que o qualificam para um emprego

Pense nos pontos fortes que o levaram ao sucesso, que podem ser projetos escolares, trabalhos voluntários, líder de grupo, estágios e empregos.

Também será bastante útil para preparar a carta de apresentação e para as futuras entrevistas.

Reveja os requisitos solicitados numa oferta do seu interesse e veja as principais qualificações

Se tiver menos de metade das qualificações desejadas, então será melhor passar a outras opções. Pode ser uma exceção se estivermos a falar de uma oferta ou empresa atraente, pois existe sempre a possibilidade de ser chamado para outra função.

 Defina uma meta de candidaturas por semana

Naturalmente que o número limite é variável consoante a sua disponibilidade para a procura de emprego. Pode variar devido ao mercado ou com o tempo que quer dispensar à sua família, escola e trabalho. Mas também é importante dedicar uma parte do seu tempo à sua rede de contactos, e não só candidatar-se a ofertas. Se é daqueles candidatos que está com dificuldades em alcançar um número de candidaturas deve ser menos seletivo. Caso contrário, seja mais rigoroso.

 

Fonte: The Balance