linkedin google plus facebook twitter
Home / Carreiras / Quer despedir-se? Conheça 5 casos originais (e reais!)

Quer despedir-se? Conheça 5 casos originais (e reais!)

No último dia de trabalho suspender a conta de Twitter de um Presidente, é uma saída em grande. Mas este não é caso único, pois outras despedidas também já tinham merecido destaques nas redes sociais.

No último mês, prestes a sair da empresa, um funcionário da rede social Twitter desativou a conta de Donald Trump. Esta esteve 11 minutos inacessível. A sua atitude concedeu-lhe uma enorme popularidade nas redes sociais.

Vejamos outros casos:

O comissário de bordo que perdeu a cabeça

Steven Slater, comissário de bordo ficou famoso em 2010 porque perdeu a cabeça com uma passageira.

Atingido na cabeça pela mala da passageira, após esta ter aberto o compartimento de bagagem, o comissário não vacilou e insultou a passageira pelo intercomunicador. Para além disso, agarrou numa cerveja e ainda saltou pela rampa de emergência.

Ao New York Times confessou sempre teve o sonho de ter uma despedida extravagante. Momentos antes de saltar, o comissário disse: “A todos os que demonstraram dignidade e respeito nos últimos 20 anos, o meu muito obrigado pela viagem”.

A demissão em forma de bolo

Chris Holmes, em 2013 despediu-se da sua carreira no aeroporto de Londres, não de forma formal com uma carta de demissão, mas servindo aos seus superiores um bolo onde tinha escrito a sua carta. Hoje em dia, Holmes tem o seu próprio negócio em restauração e refere que não está nada arrependido da sua brincadeira.

Uma dança para o chefe

Marina Shifrin, ao som de “Gone” de Kanye West anunciou a sua demissão através da produção de um vídeo na empresa onde trabalhava. O vídeo de dança da colaboradora, tornou-se rapidamente viral. Na descrição do mesmo disse: “O meu chefe só se importa com a audiência dos vídeos. Então, vou fazer um vídeo próprio” chamando-lhe “Uma dança interpretativa para o meu chefe”.

O vídeo teve quase 20 milhões de visualizações, mas teve que ser retirado devido aos direitos de autor da música, uma vez que tinham sido infringidos. No entanto, Marina teve resposta por parte da empresa da mesma forma.

 

A despedida com uma banda

No estado americano de Rhode Island, também um funcionário de hotel teve uma saída em grande e viral. Este pediu à sua banda que tocasse uma música de celebração quando fosse entregue a sua carta de demissão.

O vídeo teve 6 milhões de visualizações. Joey DeFrancesco, revelou à BBC que a decisão de se despedir derivou de um dia “particularmente horrível no trabalho”.

O Nu na capa

Para o último número da revista australiana Beat, Luke Benge desenhou-se a si próprio, despido e colocou o seu desenho na capa da revista. Os superiores de Benge só souberam da sua demissão quando os 35 mil exemplares foram para as bancas em Melbourne.

Fonte: Visão

About Alerta Emprego

O Alerta Emprego é um portal de emprego que ajuda empresas e recrutadores a encontrar os melhores candidatos e a gerir processos de recrutamento. Além de promover anúncios de emprego, o Alerta Emprego funciona como uma base de dados de CVs pesquisável, tornando mais fácil a procura de candidatos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*