1005

 

Enquanto procura emprego, é importante tirar partido deste processo. Uma atitude positiva pode fazer a diferença!

Mas como pode manter essa atitude positiva durante uma longa e até frustrante procura de emprego? Com uma boa rede de contactos! Por isso, saia da sua “concha” e conheça pessoas novas. Uma rede de contactos é a melhor forma de usar bem o seu tempo, durante todo o processo na procura de emprego.

Fazendo uma pequena analogia, imagine que vai ao ginásio fazer exercício por uma hora, se não suar, então algo não está a resultar bem. Tudo bem, esteve realmente no ginásio, mas será que estimulou bem as suas competências? O mesmo acontece quando está à procura de emprego, é importante “suar” para resultar. Trabalhe e use o seu tempo para conseguir o emprego que deseja.

A chave para uma boa rede de contactos consiste na criação de relacionamentos benéficos para ambas as partes. Contactos esses que podem partilhar dicas e conselhos da área, outros contactos ou oportunidades para futuros trabalhos. Por isso, as seguintes etapas irão ajudá-lo a ser um especialista na rede.

Pre-Networking Check-List::

  • Descobrir o que quer ser/alcançar e fazer uma lista de empresas e pessoas que gostaria de abordar.
  • Tenha uma proposta de valor em que descreve o que pode levar à empresa.
  • Aperfeiçoe o seu discurso e abordagem. Os primeiros 60 segundos de contacto são cruciais. Assim sendo, certifique-se que está preparado para causar uma boa impressão.

Etapa 1: Rede de contactos valorizadas

Dê valor aos contactos que possui. Isto significa que deve ouvir com atenção, mesmo antes de perguntar sobre o que é do seu interesse. Saber ouvir, não só vai revelar que é educado e profissional, mas também lhe permite descubrir as necessidades dos seus contactos.

Ao mesmo tempo que ouve e descobre novos fatores, consegue dar a conhecer as suas competências que irão corresponder às necessidades ou de outras que esse contacto possa conhecer.

Passo 2: Mantenha o contacto 

Depois da reunião inicial, garanta que fica sempre com os contactos. E a cada quatro a seis semanas encontre um motivo para enviar um email. Preste atenção às notícias sobre a área e tire algumas notas. Ao tirar notas, vai ajudá-lo a criar um email de acompanhamento mais personalizado.

Aproveite as suas competências digitais e aplique no email. Por exemplo, caso encontre um artigo, podcast ou vídeo que considere ser do interesse dos seus contactos, envie-lhes. É uma excelente oportunidade para se manter em contacto e presente nas mentes dos seus contactos.

Passo 3: Tire proveito do relacionamento

Pode ter uma boa rede de contactos, mas é importante mostrar interesse nestes. As pessoas gostam falar de si mesmas, então pergunte como a pessoa iniciou a sua carreira profissional.

Elabore algumas pesquisas mais profundas sobre os seus contactos. Por exemplo, veja o perfil da página pessoal do Facebook, o feed do Twitter ou o perfil profissional do LinkedIn. Desta forma, conseguirá fazer perguntas personalizadas sobre a sua carreira, interesses e especialidades.

Irá impressionar o seu contacto ao fazer perguntas pertinentes e personalizadas.

Importante reter:

Alguns pontos que todos os networkers devem considerar:

1. A repetição e a dedicação são importantes

O sucesso não é de todo fácil, e as pessoas ainda são muito sérias quanto à criação de redes sociais e na procura de emprego. O que é importante é repetir as estratégias mais eficazes e ser positivo na procura de novas oportunidads.

2. Seja positivo!

Não perca a confiança em si ou nas suas habilidades e não desanime.

O Networking é como um processo, em que tem de estar disposto a depositar tempo, energia e mente nas suas estratégias. Por isso, com um bom investimento irá ter um grande retorno.

3. Seja educado

Diga sempre “por favor” e “obrigado”.

 

Boa sorte!

 

Fonte: Work it Daily