A Hays Portugal realizou este ano um estudo sobre o mercado laboral em Portugal e contou com a colaboração de alguns empregadores. Um dos muitos temas abordados foi o papel do sistema de ensino português.

Em relação a este tema, cada empregador deu a sua opinião quanto ao ensino português e a influência que pode ter sobre o que uma empresa procura nos candidatos e o que estes, na realidade, podem oferecer no que diz respeito a conhecimentos e competências.

Quanto à avaliação dada pelas empresas, mais de metade (59%) referiu que as instituições de ensino não preparam os candidatos para o mercado de trabalho. Já 41% dos votos afirmam que as instituições de ensino preparam os candidatos, como pode ver a imagem abaixo.

 

Contudo, as empresas inquiridas referenciaram algumas das instituições portuguesas, como sendo as que melhor boas práticas têm na preparação dos alunos. As mais referenciadas são, a Universidade Nova de Lisboa, Universidade Católica Portuguesa, ISCTE, IST e FEUP.

Veja aqui o Guia Laboral completo!