linkedin google plus facebook twitter
Home / Destaque / Entrevistas: como responder “Qual é a sua maior fraqueza?”

Entrevistas: como responder “Qual é a sua maior fraqueza?”

Entrevistas

Uma das perguntas mais temida nas entrevistas por muitos dos candidatos que procuram emprego é: “Qual é a sua maior fraqueza?”. Mas sabia que há maneiras de responder a esta questão sem ficar mal aos olhos do recrutador?

Uma das formas é partilhar uma fraqueza do passado e dizer em seguida uma força actual. Mas esteja atento! Se referir uma fraqueza e não demonstrar o que aprendeu com ela e o que tem feito para melhorar, isso pode prejudicar a sua candidatura.

Veja de seguida três maneiras de responder a esta questão, apresentadas pelo Work id Daily, e mostre aos recrutadores como pode ser um bom candidato.

1. Fraqueza que tenha superado

Escolha um ponto fraco que realmente tenha e de preferência que seja relacionado com o trabalho e que já tenha transformado em uma força.  Exemplo: Perfeccionismo.

2. Exemplifique

Seja realista (mas não exagere ou dê demasiados detalhes) a mostrar ao recrutador, durante as entrevistas, como uma determinada fraqueza teve um impacto negativo em si ou no seu ambiente profissional.

Exemplifique sem extrapolar: “No início da minha carreira estava ansioso para provar que conseguia fazer isso e a minha determinação em fazer tudo certo me fez ser extremamente perfeccionista. Embora não esperava a perfeição das equipas que liderava, exigia muito de mim, o que resultou até em problemas de saúde”.

3. Mostre a superação

Utilize o formato DAR (Desafio – Acção – Resultado) para mostrar ao recrutador as etapas que desenvolveu para contornar esta situação e evidenciar os resultados que os seus esforços produziram no seu desempenho e na sua equipa.

Exemplo“Como um leitor assíduo e eterno aprendiz, descobri um conjunto de soluções que poderia implementar. Fiz um balanço da minha vida pessoal e profissional, aprendi a lidar positivamente com o stress e realinhei as minhas expectativas com a realidade. Esse processo levou algum tempo, mas com disciplina fui capaz de resolver os meus problemas de saúde e reacender a minha paixão pelo trabalho. Acredito que este esforço é constante e por isso refiro-me a mim como um perfeccionista em recuperação”.

Lembre-se que os recrutadores querem sinceridade nesta resposta e querem conseguir entendê-lo melhor enquanto pessoa. Mostre que conhece as suas fraquezas e que tem desenvolvido acções para que possa melhorar tanto pessoal quanto profissionalmente. Uma resposta honesta demonstra a sua abordagem de resolução de problemas e a capacidade de aprender com o fracasso.

 

Dica: Observe que esta resposta pode ser falada confortavelmente em 30 segundos. Tente manter todas as suas respostas abaixo de dois minutos, a menos que lhe façam perguntas que exijam uma abordagem diferente. Esforce-se para mudar o rumo da conversa novamente para algo bom.

 

Evite tornar-se num destes candidatos:

O perfeito

Candidato que se recusa a partilhar uma fraqueza ou diz que não possui nenhuma: tentam desviar a questão, dizem que não conseguem pensar em nada ou afirmam que não tem nenhuma fraqueza significativa. Ninguém é perfeito e se fizer isso, a sua resposta será considerada falsa e poderá perder a oportunidade de continuar no processo de recrutamento.

O negativo

Aquele candidato que diz a sua fraqueza e, sem querer, dá muita atenção a uma questão negativa em vez de partir para a solução do problema, deixando o recrutador com uma impressão negativa da sua candidatura.

 

Nas entrevistas, ao mostrar a sua fraqueza e como a supera diariamente, acaba revelando a sua resiliência, característica bem apreciada pela maioria das empresas.

 

About Alerta Emprego

O Alerta Emprego é um portal de emprego que ajuda empresas e recrutadores a encontrar os melhores candidatos e a gerir processos de recrutamento. Além de promover anúncios de emprego, o Alerta Emprego funciona como uma base de dados de CVs pesquisável, tornando mais fácil a procura de candidatos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*