Erros no CV - porque motivo não é chamado para entrevistas

 

Um dos maiores desafios para um candidato, enquanto procura uma nova oportunidade, é conseguir que o seu currículo se destaque dos restantes. Se por um lado é normal que não receba respostas de todas as candidaturas que envia, por outro lado não ser chamado para nenhuma entrevista é um sinal claro de que algo não está correcto.

Se está a ser rejeitado por todas as empresas a que se candidatou mesmo antes de o conhecerem pessoalmente, o problema pode estar no seu currículo.

De seguida, com a ajuda do Careerealism, apresentamos-lhe 5 razões para não estar a ser chamado e como pode melhorar esses erros no CV.

1. Tem falhas na sua cronologia profissional

Quando analisam um currículo, os recrutadores gostam de ver um histórico profissional fácil de analisar e sem falhas. Se tem algum intervalo na sua cronologia, é provável que queiram saber o motivo. Não tenha medo de justificar o motivo: um ano a viajar ou três anos a tomar conta do seu filho, por exemplo.

Deste modo, pode transformar esta “falha” em algo positivo, sem parecer que tem algo a esconder. Realce as competências que adquiriu e desenvolveu nesse período e de que forma o podem ajudar a ser melhor profissional.

2. Está a exagerar no seu CV

O facto do seu CV ser o local onde deve referir as suas maiores realizações e apresentar-se da melhor forma possível aos recrutadores, não significa que deva vangloriar-se livremente e de forma exagerada.

Tudo o que escreve no seu currículo deve ser facilmente verificado pela empresa que está a recrutar. Ao ser o mais sincero possível evita fazer má figura numa possível entrevista.

3. Tem uma má estrutura ou apresentação

O principal objectivo de um currículo é transmitir informação de forma rápida e eficaz. Uma empresa que esteja a recrutar recebe centenas de candidaturas e não vão perder tempo a ler um CV que seja impossível de entender.

Mantenha a sua estrutura simples, com subtítulos e palavras-chave e facilite a leitura do seu documento.

4. Tem demasiados clichés

Ao contrário do que possa pensar, a utilização de clichés é algo recorrente no que toca a erros no CV. Evite-os o mais possível e seja original. Evite dizer que é “apaixonado por esta indústria” ou que se “esforça para obter grandes resultados”. Ao ser diferente terá maiores hipóteses de se destacar.

5. Faltam bons detalhes

Pior do que exagerar sobre si é ser demasiado modesto. O seu CV é onde tem a oportunidade de destacar aquilo que já alcançou e a experiência que adquiriu ao longo do tempo. Não seja modesto em referir as suas habilitações e as suas competências. Mantenha-se claro e objectivo, mas “venda-se” da melhor forma.