Conheça aqui as novas tabelas do IRS, que constam do Orçamento do Estado para 2018, explicando quem vai pagar menos imposto e quanto.

Esta tabela tem como referência valores avançados ao longo dos últimos dias.

Alteração nas taxas e no imposto a pagar em 2018

Como se pode verificar os escalões passam de cinco para sete, e à esquerda podemos verificar ainda as alterações às taxas de imposto sobre cada escalão e à direita o limite inferior. No novo segundo escalão, o valor vai dos 7091 euros aos 10 700 euros de rendimento coletável e a taxa aplicável passa de 28,5% para 23%.

Já na coluna ao centro, pode ver-se os valores a pagar anualmente aos contribuintes de cada escalão. No primeiro escalão não existe qualquer alteração uma vez que estão protegidos pelo mínimo de existência, ou seja, estão isentos. No topo da lista, a única alteração existente está nos casos de rendimento coletável entre 36 856 euros e 40 522 euros, em que a taxa sobe de 37% para 45%, mas o imposto a pagar vai ser menor, pois já beneficiam das alterações feitas abaixo.

O rendimento coletável não corresponde ao rendimento bruto, uma vez que deduções específica e à coleta, são descontadas.

Embora o valor a pagar de imposto descer para que tem um rendimento coletável superior dos 20 mil euros, o peso está nos novos segundo e terceiro escalões, uma vez que o pagamento do IRS é inferior, ou seja a redução percentual para um rendimento de 10 mil euros está nos 9%, e num rendimento de 20 mil euros a percentagem é de 4%.

 

Fonte: Abril Abril