trabalhadores temporários

Relativamente aos países da União Europeia com mais trabalhadores em regime de trabalho temporário, Portugal ocupa a terceira posição.

Mulheres e jovens com menos de 24 anos são os mais afectados, tanto em Portugal como nos restantes países e os primeiros lugares do pódio são ocupados pela Polónia e por Espanha, em primeiro e segundo lugar respectivamente.

Em Portugal, 22,3% dos trabalhadores têm contratos a prazo, uma das maiores percentagens na Europa. Em primeiro encontra-se a Polónia com 27,5% e a média Europeia é de 14,2% – 26 milhões de trabalhadores têm contratos a termo.

No nosso país, a percentagens de jovens em trabalho precário atinge os 66,3% e estamos em 4º lugar, atrás da Eslovénia, Espanha e Polónia.

 

Fonte: Rádio Renascença