Recrutamento Colaborativo vantagens e desvantagens

Numa altura em que estamos quase no segundo trimestre de 2016, começa a ser cada vez mais evidente que os processos de recrutamento tradicionais e as técnicas básicas de entrevistas estão a ficar ultrapassados! Por este motivo, diversas empresas – tal como Apple, Google e Facebook – estão a optar por um novo processo: o Recrutamento Colaborativo.

O Recrutamento Colaborativo é ligeiramente diferente dos métodos de recrutamento tradicionais, onde normalmente existe uma pessoa responsável pelo processo: publicação de anúncios, análise de currículos, entrevistas e selecção.

Por outro lado, este tipo de recrutamento colaborativo permite a colaboração de diferentes funcionários da organização na avaliação de potenciais candidatos. Normalmente, são utilizadas reuniões em grupo e são propostos desafios aos candidatos e assim cada funcionário avalia os potenciais colegas num contexto mais “profissional”.

O que é o Recrutamento Colaborativo?

O princípio básico do Recrutamento Colaborativo é que os candidatos são avaliados não só pelos responsáveis dos Recursos Humanos, mas também pelos seus colegas. Ou seja, a maioria dos membros de uma equipa passa a estar envolvida no processo de recrutamento.

Vantagens:

  • É mais completo que os métodos tradicionais: envolve mais análise e utiliza mais técnicas de envolvimento;
  • Ao realizar testes relacionados com as funções, cada funcionários tem uma melhor percepção de qual será a melhor pessoa para o trabalho;
  • Reduz o risco de haver preconceito (ainda que inconsciente): estão envolvidos diferentes indivíduos e é possível obter diferentes perspectivas;
  • Os seus funcionários podem ser os melhores “avaliadores”: são quem trabalha na empresa diariamente e sabem o que é necessário;
  • Melhora a retenção de funcionários: os colaboradores gostam de se sentir valorizados e envolvê-los no processo de recrutamento pode ser um factor de motivação;
  • Melhora o acolhimento de novos funcionários: quem for contratado já conhece alguns dos novos colegas e assim acelera o processo de integração na empresa;
  • Melhora o seu Employer Branding: se for divulgado que a sua organização envolve os funcionários no processo de recrutamento e em outras decisões importantes irá melhorar a sua imagem e será vantajoso em recrutamentos futuros.

Desvantagens:

  • Demora algum tempo: dar oportunidade aos funcionários de conhecerem os candidatos pode ser um pouco demorado.
  • Reduz a produtividade: enquanto estão dedicados ao processo de recrutamento, os colaboradores perdem algum tempo na realização das tarefas diárias.
  • Alguns funcionários podem ficar insatisfeitos: ao identificar alguns candidatos bem qualificados, alguns colaboradores podem se sentir ameaçados e inseguros e, inconscientemente recomendar candidatos mais fracos.

O que deve fazer enquanto recrutador?

  • Seja metódico no processo;
  • Defina como objectivo encontrar um candidato que encaixe na cultura empresarial;
  • Certifique-se de que todos os colaboradores são ouvidos;
  • Respeite o tempo de todos.

Fonte: Social Talent