linkedin google plus facebook twitter
Home / Competências / Redes Sociais: o que NÃO deve fazer nos grupos de emprego

Redes Sociais: o que NÃO deve fazer nos grupos de emprego

Com a necessidade de encontrar um emprego, muitas vezes os candidatos cometem alguns erros que podem ser prejudicais, mesmo antes de enviar o currículo.

As ofertas de emprego há muito tempo que deixaram de surgir exclusivamente em formato de papel, como por exemplo nos jornais ou nos afixados no centro de emprego. Com o crescimento e o desenvolvimento da internet, não só os portais de emprego online se propagaram assim como surgiram grupos criados nas redes sociais, como o Facebook, de forma ajudar quem procura emprego.

E se reparar a oferta é bastante vasta, sejam grupo de emprego privado, comunidades abertas, grupos ou páginas de locais ou regiões, ou ainda grupos divididos por áreas de formação, como por exemplo, marketing, design, engenharias, arquitetura, restauração, entre outras, a oferta é vasta.

Milhares de anónimos partilham várias ofertas do dia-a-dia ou de empresas que estão a recrutar, neste tipo de grupos consoante o target.

Então perante esta realidade, deve reter 4 pontos principais:

1. O interessado tem que procurar mais informação

Muitas vezes quem partilha ofertas de emprego tem pouca informação sobre as mesmas. Como tal, só ao interessado lhe compete ir à procura de informação sobre a oferta. Pode fazê-lo através do contacto direto com a empresa em questão ou pesquisar as ofertas publicadas noutros locais

2. Consulte a informação disponível ao clicar na publicação

Clique no post divulgado na rede social para ter a informação pertinente: tipo de contrato, horário, principais requisitos.

3. Não comente a publicação a dizer “estou interessado” 

Não caia no erro de comentar a publicação e dizer “estou interessado”, “quero” ou “eu preciso, entre outros”. Ninguém vai entrar em contacto consigo. Se está realmente interessado, então informe-se. Veja o anúncio e como se pode candidatar. Procure pelo email ou a ficha de inscrição. Seja pró-activo.

Mesmo que seja a empresa a divulgar o anúncio, não irá entrar em contacto consigo apenas porque “quer”.

4. Não envie o seu contacto telefónico de forma pública

Não deve em momento algum colocar o seu contacto telefónico nos comentários de uma oferta de emprego. Pois nunca irá ser contactado e podem usar o número para outros fins. Por isso, não corra riscos desnecessários. A melhor forma de se candidatar a um oferta de emprego é seguir as instruções do anúncio.

Fonte: Universia

About Alerta Emprego

O Alerta Emprego é um portal de emprego que ajuda empresas e recrutadores a encontrar os melhores candidatos e a gerir processos de recrutamento. Além de promover anúncios de emprego, o Alerta Emprego funciona como uma base de dados de CVs pesquisável, tornando mais fácil a procura de candidatos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*