linkedin google plus facebook twitter
Home / Carreiras / Como o sono (ou a falta dele) afeta o desempenho no trabalho

Como o sono (ou a falta dele) afeta o desempenho no trabalho

O ritmo acelerado das nossas vidas, carreiras, família e vida social fizeram com que o nosso tempo de sono ficasse cada vez mais reduzido… e muito. Mas o facto de dormir pouco à noite, pode ser o responsável pelos nossos baixos níveis de energia que de certa forma afetam o nosso desempenho no trabalho ou em casa. Com a falta de sono a nossa concentração, a quantidade e qualidade do trabalho pode diminuir até 30%.

Efeitos da falta de sono no local de trabalho

Existem documentos que falam sobre os efeitos provocados pela falta de sono, e comprovam que a carência do sono está associada ao comportamento antiético e à diminuição do poder de decisão, bem como o pensamento inovador.

Uma pessoa que não durma o suficiente normalmente tem mudanças de humor, é mais irritadiça e frágil. Este tipo de comportamento pode fazer que ganhe alguns inimigos no trabalho.

As pessoas que tem dificuldade em dormir, correm sérios riscos de desenvolverem hipertensão arterial, pois o sono ajuda o sangue a regular os níveis de stress e também a garantir um sistema nervoso mais saudável. Muitas noites sem dormir pode afetar essa regularização.

Quanto tempo precisamos de dormir?

O tempo de sono difere de pessoa para pessoa. Em média um adulto precisa de dormir aproximadamente sete a oito horas por noite. O dormir bem significa uma sensação de bem-estar e desperto ao longo de dia.

Muitos especialistas defendem que não há um número exato para quantidade de horas de sono que uma pessoa deve ter, e isso devido a dois fatores:

  • Necessidade básica de sono – quantidade de sono que uma pessoa precisa para se sentir ao melhor nível;
  • Dívida do sono – quantidade de sono que uma pessoa perde ao longo de algum tempo, devido a doença, maus hábitos ou outras causas.

Algumas pesquisas realizadas indicam que a necessidade básica de sono de um adulto saudável é de 7 a 8 horas por noite. A combinação entre a necessidade de dormir e a falta, podem complicar as coisas. Por exemplo, uma pessoa que tenha essa necessidade de dormir, mas que acumulou algumas horas sem dormir.

A consequência é a pessoa se sentir mais lenta que o habitual e muitas vezes ao longo do dia. No entanto, os estudos revelam também que a dívida do sono pode ser amortizada e/ ou compensada.

Agora já sabe, durma as horas que achar necessário para se sentir bem ao longo do dia e para produzir mais e melhor no seu trabalho.

 

Fonte: Work It Daily

About Alerta Emprego

O Alerta Emprego é um portal de emprego que ajuda empresas e recrutadores a encontrar os melhores candidatos e a gerir processos de recrutamento. Além de promover anúncios de emprego, o Alerta Emprego funciona como uma base de dados de CVs pesquisável, tornando mais fácil a procura de candidatos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*