colaboradores

Segundo a Harvard Bussiness Review, em cada cinco managers, dois falham nos primeiros 18 meses. O principal motivo é a saída ou a desmotivação dos melhores colaboradores.

Então se assim é, porque motivo os chefes não os impedem a sair?

1. Pensam que são facilmente substituídos

Ninguém pode ser substituído, pode sim ser sucedidos por outra pessoa. Ninguém é único com uma perspetiva única, mas quando um bom empregado sai, sai também: o conhecimento institucional, os principais contactos e o relacionamento com clientes e todos os stakeholders.

Os colaboradores leais não são apenas “mercadorias”!

2. Vêem as melhores pessoas como uma ameaça à sua posição.

A insegurança é tão má quanto a ignorância. O segredo do sucesso pode estar em contratar pessoas mais inteligentes.

Nenhuma pessoa deve ser promovida para gerir, caso seja tão insegura ao ponto de preferir ver os melhores colaboradores falharem do que colocar em risco a sua posição.

3. São arrogantes e desprezam os outros?

Não importa o que faz, pois nunca será suficiente.

Nenhuma pessoa deverá ser promovida para gerir, se olhar para os outros com desprezo.

A arrogância é pior do que a ignorância.

Por isso, em vez de arrogância e de insegurança, chegou o momento de tentar a apreciação, a motivação, a capacidade, a visão e a energia positiva.

 

Não concorda?

 

Fonte: LinkedIn