Os estágios são a melhor entrevista de emprego possível. Em vez de algumas horas de conversa num ambiente tendencialmente formal, são 2 ou 3 meses de trabalho em contexto real e logo uma oportunidade única para mostrar quem somos e quais as nossas competências e potencial.

Além dos cada vez mais frequentes estágios IEFP, são também comuns nesta altura do ano os estágios de Verão por parte de estudantes universitários. Tratam-se de experiências positivas para qualquer CV e podem vir a ser um trunfo na procura de emprego, sendo também várias vezes uma ponte para um contrato a tempo inteiro.

estagiario-a-colaborador

Se é verdade que o bom desempenho por parte do estagiário é essencial, é também verdade que há pequenos pormenores que podem fazer a diferença na altura de converter um estágio num emprego. Conheça aqui seis desses segredos, elaborados pela Huffington Post.

1) Fazer uma apresentação no final do estágio

Normalmente os estagiários trabalham numa pequena equipa dentro da empresa. Cruzam-se muitas vezes com colaboradores de outras áreas ou departamentos mas o contacto profissional acaba por ser reduzido. Na verdade, a maioria deles pode nem fazer ideia do que é que o estagiário andou a fazer. Fazer uma apresentação sobre o trabalho realizado durante o estágio é uma boa forma de se dar a conhecer e mostrar o que andou a fazer, o que aprendeu e os resultados obtidos.

2) Assegurar a transição de todos os projectos

Muitas vezes os projectos em que os estagiários trabalham ficam a meio. Conseguir que algum colaborador da empresa fique responsável por continuar o trabalho desenvolvido pode fazer toda a diferença. Responda a quaisquer questões e esclareça todas as dúvidas, e certifique-se que o projecto tem continuidade. Mesmo com projectos terminados, documente tudo o que fez e entregue essa informação a um supervisor. Quando esses projectos forem revisitados no futuro, irão certamente lembrar-se de si e do seu bom trabalho.

3) Enviar um bom email de despedida

No último dia de trabalho, é comum enviar-se um email às pessoas com quem se trabalhou. Em diferentes casos, pode fazer sentido enviar apenas à equipa, ou também ao departamento, escritório ou toda a empresa. Decida a quem faz sentido enviar e mostre porque vai sair e o que vai fazer a seguir (p.e. voltar à universidade para acabar o curso X). Envie também os seus contactos mais directos, escreva um curto resumo do seu trabalho e agradeça às pessoas que trabalharam mais de perto consigo e o ajudaram.

4) Marcar uma reunião de final de estágio com o supervisor

Na última semana de trabalho, tente marcar uma pequena reunião informal com o seu supervisor para discutirem o estágio. Tente avisar com antecedência os aspectos sobre os quais quer feedback. Os estágios são uma oportunidade de aprendizagem, e o feedback é sempre uma parte importante do processo. Pense em formas de melhorar o programa de estágio e faça sugestões ao seu supervisor. Antecipe também eventuais convites para voltar no Verão seguinte, ficar a trabalhar em part-time ou até a full-time. Pense na resposta que quer dar em cada um dos casos e esteja preparado.

5) Reflectir sobre o estágio

É essencial pensar sobre o que aprendeu e perceber do que gostou e não gostou no estágio. É naquele tipo de empresa que quer vir a trabalhar? O que é que aprendeu sobre ser um bom colaborador? Como é que o estágio influenciou o que acha que quer fazer a seguir? Escrever os pensamentos  é uma boa forma de organizar ideias e perceber o que quer fazer a seguir e para onde levar a sua carreira.

6) Fazer follow-up

Passou meses a trabalhar lado-a-lado com estes colegas. Almoçaram juntos, tiveram eventos de empresa, etc. É provável que tenha construído relações e até amizades com alguns deles. Fique com o contacto dos seus colegas, adicione-os no Linkedin e mantenha o contacto. Partilhe experiências, diga o que está a fazer e o que quer fazer a seguir. Eles vão querer ajudá-lo e nunca se sabe de onde pode vir a oportunidade para o seu próximo emprego.