procurar emprego muito mais do que enviar CVs

A procura de emprego é um trabalho a tempo inteiro. É preciso estar atento às últimas oportunidades de emprego, estruturar um bom CV e escrever uma carta de apresentação apelativa.

Mas isto não é suficiente para encontrar um bom emprego. Para aumentar as hipóteses de receber uma proposta, utilize estes trunfos:

1. Peça ajuda à família e amigos

É impossível estar atento a toda a informação que existe sobre emprego. Por isso, pode pedir às pessoas que lhe são mais próximas para lhe enviarem os anúncios de emprego que têm a ver com a sua área.

Eles ficarão felizes por poder ajudar e assim terá acesso a mais ofertas ou artigos sobre procura de emprego.

2. Mantenha-se a par das novidades da sua área profissional

Não se arrisque a “ficar para trás”. Leia regularmente artigos/blogs sobre os últimos desenvolvimentos na sua indústria. Se possível, compre revistas especializadas – ajudá-lo-à a identificar as tendências e as empresas que podem estar a recrutar.

3. Participe em eventos de networking

Feiras profissionais, workshops, eventos de networking e reuniões de colegas da faculdade/escola são bons locais para conhecer profissionais da sua área e estreitar relações. Quem sabe se um ex-colega não conhece uma vaga perfeita para si?

4. Continue a estudar

A formação (superior ou não) melhora as hipóteses de encontrar emprego, já que a maior parte das empresas procura pessoal especializado. Para além de contribuir para o aumento das competências, também mantém o cérebro em funcionamento e desenvolve as soft skills. Conheça as últimas ofertas de formação aqui.

5. Faça voluntariado

As vantagens de fazer voluntariado enquanto está à procura de emprego são inúmeras: faz networking, ajuda quem mais precisa, aumenta a sua auto-estima porque se sente útil, desenvolve competências…

Muitas associações procuram voluntários – basta uma pequena busca na internet para descobrir o local que melhor se adequa ao seu perfil.

6. Junte-se a grupos de profissionais

Identifique grupos/organizações de profissionais da sua indústria (online ou offline) e seja adepto assíduo das discussões – aprenderá bastante e até pode ficar a conhecer oportunidades de trabalho que não foram divulgadas nos portais de emprego.

7. Siga influenciadores

Da mesma forma, pesquise sobre influenciadores de opinião que falem constantemente sobre os temas que mais lhe interessam. Aprenda e participe com ideias próprias para se destacar como possuidor de conhecimentos na área.

8. Faça follow-up das candidaturas enviadas

Se tiver o e-mail do recrutador, pode enviar-lhe um email a questionar se já tem feedback para lhe dar. A proactividade é valorizada, por isso pode ser um factor de decisão na hora de escolher quem preenche a vaga.

9. Treine a sua performance em entrevistas de emprego

Pense na forma como responderia às perguntas mais comuns em entrevistas de emprego e estruture um exemplo de resposta. Peça a um amigo/colega para simular que é o recrutador para tornar o treino mais real.

 10. Ganhe motivação

Medite, faça exercício, saia com amigos, divirta-se, coma um doce… o que for necessário para se sentir bem. A procura de emprego pode deixar o candidato stressado e triste, por isso é importante cuidar de si.

Se necessário, faça umas pequenas “férias” em que não procura emprego, para depois voltar com mais energia e motivação.