12 sinais de alerta sobre os candidatos

Consegue perceber se um candidato se enquadra naquilo que procura com apenas algumas conversas? Como pode entender o estilo de trabalho, a compatibilidade com a empresa e a atitude com apenas dois ou três encontros?

Recrutar não é tarefa simples e pode ser complicado escolher os melhores candidatos. Conheça aqui 12 sinais de alerta a que deve estar atento:

1. CV mal redigido

Uma candidatura com erros de ortografia ou gramaticais pode sugerir algumas coisas: o português não é a língua materna, o candidato não tem atenção ao detalhe ou enviou a candidatura de forma despachada sem efectuar uma revisão.

2. Falta de contacto visual

Se o entrevistado evita o contacto visual, pode ser um sinal de nervosismo por estar num ambiente formal. No entanto, também pode significar que esconde algo ou que tem falta de confiança relativamente àquilo que a função exige.

3. Falta de informação

Existir informação omissa na candidatura pode ser um sinal de alerta. Se por um lado, por exemplo, não ter morada, pode significar que o candidato está disposto a mudar de residência, não ter informação sobre a formação ou qualificações pode sugerir que o candidato não se enquadra na função.

4. Carreira inconsistente

Se o histórico profissional do candidato parece ser inconstante relativamente a sectores e regiões, peça mais detalhes – pode haver uma boa razão. No entanto, esteja atento uma vez que pode indicar que o candidato não aguenta muito tempo no mesmo local ou que tem dificuldade em se enquadrar no ambiente das empresas.

5. Falta de evidências

Se o candidato é incapaz de dar exemplos sobre as suas habilitações e competências ou está mal preparado ou não foi realista naquilo que escreveu.

6. Demasiada confiança

Falar demasiado sobre si ou gabar-se em excesso pode indicar que estão a esconder algo, a compensar algum requisito que não tenham ou que a sua personalidade é mesmo assim.

7. Roupa pouco profissional

Se o candidato não fez um esforço para se vestir de forma adequada então provavelmente não está mesmo empenhado em conseguir a vaga.

8. Inexistência de questões

Se um candidato não tem a iniciativa de colocar questões, isto pode significar algumas coisas: não se preparou correctamente, não está interessado, não é um bom comunicador, tem falta de ambição ou tem receio de demonstrar ignorância se fizer questões demasiado óbvias.

9. Demasiado negativismo

Se o candidato passar toda a entrevista a criticar os antigos empregadores em vez de se focar naquilo que aprendeu, deve estar atento. Demasiado negativismo sugere que o candidato se queixa constantemente no local de trabalho.

10. Não saber ouvir

Responder de forma vaga, fazer sempre as mesmas perguntas ou parecer um pouco perdido durante a entrevista são sinais claros de um mau ouvinte. O candidato pode simplesmente estar nervoso ou não saber ouvir por natura. Mas, por outro lado, pode também estar indiferente sobre o cargo ou demonstrar falta de respeito pelos outros.

11. Cancelamento da entrevista

Os acidentes mais dramáticos têm sempre tendência para acontecer no momento das entrevistas. Estranho? Tente falar com o candidato e verificar se realmente aconteceu algo inesperado ou se é apenas mais uma desculpa.

12. Atrasos

Chegar atrasado à entrevista pode indicar que o candidato não sabe gerir o seu tempo, ou pode simplesmente ter acontecido algo inesperado (Trânsito, greve de transportes, etc.)

Embora os candidatos devam estar totalmente preparados para imprevistos, estes acabam por acontecer. Oiça os motivos e tente verificar se o candidato está a ser genuíno na explicação.

Fonte: The Undercover Recruiter