30 razões para a sua carreira melhorar depois dos 30 anos

Para muitos jovens na casa dos 20 anos, procurar emprego ou trabalhar pode ser stressante: será que estão a seguir o caminho certo? Será que realizaram todas as tarefas correctamente?

Por outro lado, quando se chega aos trinta já se tem outra perspectiva das situações e, tendencialmente, as pessoas começam a dar mais valor a outras coisas, tal como aprender sempre que possível, apreciar cada dia de trabalho e já ter noção daquilo que se quer.

Por este motivo, as carreiras têm tendência a melhorar depois dos trinta, quando os profissionais já aprenderam um conjunto de lições que facilitam o dia-a-dia. Conheça aqui, 30 razões para a sua carreira melhorar depois dos 30 anos, de acordo com o Mashable:

  1. Conhece-se melhor: já sabe quais as suas forças e quais as fraquezas e já consegue definir os seus próprios objectivos e como atingi-los.
  2. Sabe aquilo que o faz feliz: é mais fácil procurar uma nova oportunidade quando já sabe que tipo de trabalho mais o realiza;
  3. Conhece melhor os seus colegas: depois de trabalhar com eles durante algum tempo já conhece melhor as suas motivações e preocupações e pode utilizar essa informação para ser mais produtivo, simpático e ter interacções genuínas.
  4. Tem mais amigos: depois de trabalhar tanto tempo com certos colegas, começa a construir novas amizades que também o podem ajudar a estabelecer novos contactos profissionais e em eventos de networking.
  5. Tem mais experiência: desta forma pode retirar do seu currículo atividades menos relevantes que colocou quando ainda não tinha começado a trabalhar.
  6. Tem boa apresentação: nesta fase já sabe como se deve vestir e apresentar em diferentes situações, seja no seu escritório seja em entrevista de emprego e eventos de Networking.
  7. Aprendeu a delegar: já sabe que tarefas tem que realizar e quais pode passar e a quem pode passar, pois já conhece as pessoas com quem trabalha.
  8. Aprendeu a trabalhar em casa: já sabe como pode trabalhar fora do escritório de forma produtiva, já conhece os seus horários e qual o seu ritmo.
  9. É bom comunicador: após reuniões, apresentações e entrevistas já não ficará tão nervoso quando tiver que falar em público.
  10. Conhece o seu ritmo: sabe em que alturas está mais produtivo e em que fases não tem tanto rendimento.
  11. É organizado: pelo menos à sua maneira. Tem um sistema de organização que funciona com a sua forma de trabalhar.
  12. Sabe-se comportar: nas festas da empresa e em eventos de Networking. Já conhece os seus limites e sabe como deve agir.
  13. Aprendeu a negociar: mesmo que só o tenha feito uma ou duas vezes, já conhece algumas técnicas e não ficará envergonhado quando tiver que o fazer.
  14. Sabe o que importa: caso receba outros benefícios na empresa, neste momento já sabe que o dinheiro não é tudo e dá valor a outras coisas.
  15. É realista: sabe aquilo que consegue fazer e o que depende de si e sabe quando está a sonhar demasiado “alto”.
  16. Sabe falar: seja com o seu chefe, colegas ou funcionários ou com um recrutador numa entrevista de emprego.
  17. É levado a sério: e sabe que é uma mais-valia.
  18. Sabe dizer “não”: e sabe utilizar esta palavra nas situações necessárias.
  19. Aprendeu a aconselhar: e sabe daquilo que fala. Não necessita de divagar, pois tem experiência no assunto.
  20. É paciente: sabe que tudo acontece a seu tempo e nem tudo tem que ser feito ontem.
  21. Aprendeu a errar: erros devem ser evitados, mas não são o fim do mundo. Acima de tudo deve ser assumir o seu erro.
  22. Dá mais valor às pequenas coisas: sabe que qualquer pormenor o pode ajudar a evoluir e que aprender nunca é demais.
  23. Aceita criticas: aprendeu a ser repreendido sem fazer uma tempestade em relação ao assunto.
  24. Sabe criticar: mas sem ofender. Críticas construtivas são essenciais e sabe ajudar os seus colegas e amigos a evoluir.
  25. Está crescido: já não precisa de “fingir” maturidade, nem que tem experiência e conhecimento.
  26. Gosta de desafios: cada novo projecto deixa-o motivado e quanto mais desafiante melhor.
  27. Sabe equilibrar as coisas: o trabalho e a carreira são apenas uma parte da sua vida e deve perder tempo a dedicar-se a realizar outras coisas que goste.
  28. Dá valor ao trabalho: apesar de saber que o trabalho não é tudo, é importante que se sinta realizado com aquilo que faz.
  29. Tem liberdade: neste momento já sabe o que quer e como tomar decisões que o ajudarão no dia-a-dia.
  30. Tem responsabilidades: o que o ajuda a encarar a sua carreira de forma mais séria e a não tomar decisões precipitadas.