anúncio de emprego

Está a recrutar e procura os melhores candidatos? Para garantir que o seu anúncio de emprego não cai em “ouvidos moucos” ou “olhos cegos”, é necessário garantir algumas questões básicas de forma a captar a atenção dos seus potenciais colaboradores! A não ser que a sua empresa seja a mais “cool” do mundo, tem mesmo que evitar alguns erros.

Antes de publicar os seus anúncios conheça alguns erros básicos que não pode cometer:

1. Anúncio de emprego sem título

Parece um pormenor bastante óbvio, mas a verdade é que acontece de forma mais frequente do se possamos imaginar. Ou, em alguns casos, mesmo que haja um título, é tão vago que pode significar mil e uma coisas diferentes e acabar por se perder. Por exemplo, se optar por “Consultor” então é bom “dar-lhe vida”, pois facilmente se pode confundir com um assistente de loja, um cabeleireiro (consultor de imagem) ou um gerente bancário. As pessoas precisam de se sentir atraídas e tudo pode começar no título.

2. Não mencionar “Anos de experiência”

Quando um profissional, com muitos anos de experiência, não vê num anúncio o número de anos solicitado para o cargo, normalmente acaba por abandonar o anúncio uma vez que é pelos anos de experiência que percecionam o nível e a especificação do trabalho em causa. Se no anúncio de emprego não indicar o nível do cargo, por exemplo Sénior ou Trainee, muitas vezes os candidatos não se candidatam à oferta, por considerarem que não corresponde ao que procuram.

 3. Falta de Cultura Organizacional

Por norma, quando as pessoas se candidatam a um emprego têm em conta alguns factores. Em muitos casos, não só se candidatam pela área ou cargo profissional mas também pela cultura e ambiente daquela empresa. Para os candidatos, existe uma necessidade de que todos estes factores se enquadrem com os seus valores e com a sua personalidade. Se no seu anúncio não colocar um breve parágrafo da cultura e do ambiente da empresa, não vai deixar uma impressão emocional nem despertar o interesse do candidato.

4. Anúncio sem descrição da vaga

Não publique um anúncio sem qualquer tipo de descrição sobre a função, em que só coloca os pontos principais, de uma forma dura e fria. Tente incluir no seu anúncio de emprego uma descrição breve sobre a oferta com um pouco de criatividade. Não é necessário escrever um poema, mas torne a descrição em algo apelativo e atractivo de maneira a reflectir o tipo de cargo que a pessoa vai ocupar. Elabore uma “conversa” com o candidato, proporcionando uma leitura fácil e utilize as palavras corretas de forma a descrever o tipo de pessoa que pretende para o cargo.

5. Ter Palavras-Chave em todo o lado

Obviamente que todas as empresas querem uma pessoa “responsável”, “pró-activa”, “profissional” e que tenha especial “atenção ao pormenor”, mas isso nós já sabemos então diga algo de novo. Na verdade, o que chama atenção do candidato são as skills específicas e os atributos pretendidos para a função. Um segredo? Já ninguém se preocupa com clichés.

6. Erros de ortografia e gramática

A maioria das pessoas quer juntar-se a uma empresa com reputação. Não importa o cargo da função ou a dimensão da empresa, se o seu anúncio de emprego estiver mal escrito ou repleto de erros. Terá que ter em consideração que muitos candidatos dão elevada importância à linguagem escrita.

7. Não ter indicação do salário

Mesmo que não queira divulgar o valor do salário, o seu anúncio deverá ter alguma referência ao nível financeiro. Nem que seja uma pequena menção como “Salário Competitivo”, ou “Salário de acordo com a experiência do candidato”, que permita ao candidato avaliar se é ou não uma oferta atractiva financeiramente.

Por vezes, se não existir nenhuma referência ao salário, os candidatos pensam que é baixo ou que não é digno de ser revelado. Nem sempre se trata de dinheiro, mas os candidatos precisam de saber dessa prioridade e que será tratado durante o processo.

Quanto melhor descrever o anúncio de emprego, maiores serão as hipóteses de atrair os candidatos mais fortes e qualificados!

 

Fonte: The Undercover Recruiter