Ter diversidade no seu local de trabalho é significado de sucesso! Há estratégias que pode seguir para melhorar a diversidade, equidade e inclusão.

Várias pesquisas mostraram que as organizações que apostam na diversidade, equidade, inclusão e pertencimento (DEIP) aumentaram a sua receita, tiveram maior prontidão para a inovação e retenção.

Mas, isto significa mais do que aumentar a contratação de mulheres, pessoas de outras raças e funcionários não binários.

Saiba então 9 estratégias para melhorar a diversidade no seu local de trabalho:

1. Identificar o DEIP como uma prioridade

Esta deve ser uma prioridade estratégica organizacional chave.

Com isso, a estratégia deve ter metas claras e medidas de desempenho que devem ser revistas e discutidas regularmente pela direção da organização.

2. Conduzir análises de equidade salarial

A Lei de Igualdade Salarial deve ser cumprida (Lei n.º 60/2018, de 21 de agosto – Diário da República).

Esta “aprova medidas de promoção da igualdade remuneratória entre mulheres e homens por trabalho igual ou de igual valor”.

Assim, o ideal é fazer revisão à sua estrutura de pagamentos para que possa garantir paridade salarial.

3. Recruta e promova a partir de um ponto de vista diversificado

Ter uma lista diversificada de candidatos é essencial, mas não é suficiente se deseja um local de trabalho verdadeiramente inclusivo.

Então, também precisa de uma equipa de recrutamento diversificada para garantir um processo objetivo e justo.

4. Crie um programa de consultoria robusto

Crie formas de apoiar os funcionários de grupos sub-representados, como por exemplo o acompanhamento entre departamentos ou até cafés da manhã com o CEO.

Iniciativas como estas impulsionam o envolvimento de funcionários, não importando a sua hierarquia na empresa.

5. Treine e envolva os funcionários DEIP

O treino para a diversidade e preconceito inconsciente é necessário em muitos locais de trabalho.

Mas a questão que se coloca é se isso tem impacto a longo prazo e alguns estudos dizem que não.

Portanto, se estes programas forem apresentados como algo que se tem de aprender, isso pode aumentar a consciencialização mas pode não estimular a mudança de comportamento.

Assim, esta “educação” precisa de ser interativa e contínua, fazer parte de uma conversa mais ampla dentro da organização.

6. Certifique-se de que os benefícios e programas são inlusivos

Avalie os seus planos e programas de benefícios de funcionários.

Horários flexíveis e recursos para cuidadores, bem como palestras sobre cuidados, ajudam muito as pessoas com responsabilidades de cuidador.

7. Configure os Employee Resource Groups (ERGs)

Os ERGs precisam de ser desenvolvidos, incentivados e apoiados (com tempo e dinheiro) pela organização.

A liderança deve participar e envolver-se com os ERGs e aproveitá-los para apoiar os objetivos e o sucesso da diversidade na organização.

8. Examinar a representação do conselho e da equipa executiva

A composição da sua equipa executiva deve refletir a diversidade da área geográfica. Se isso não acontece, tome uma atitude.

9. Torne os líderes responsáveis

Uma estratégia de diversidade só se firmará dentro de uma organização se a liderança tiver espaço e responsabilidade por ela.

Os funcionários procuram os líderes do seu local de trabalho para orientá-los, mas só os seguirão se acreditarem que são agentes de mudança ao lado deles.

 

Embora a lista de melhores práticas para a diversidade no seu local de trabalho possa parecer esmagadora, selecionar uma coisa e fazê-la bem ajudará muito para atingir o objetivo.

Fonte: Great Place To Work