I made a mistake

Procurar emprego já é duro por si só. Não é necessário que torne as coisas ainda mais complicadas por dizer ou fazer algo errado durante o processo.

Para o impedir de fazer asneira, reunimos uma lista de coisas que não pode fazer. E atenção, a lista pode parecer simples, mas ficaria surpreendido com a quantidade de candidatos que cometem erros sem se aperceberem.

10 coisas que não pode fazer enquanto procura emprego

Cometer um erro: será que um pequeno erro no seu currículo ou carta de apresentação é suficiente para o colocar fora do processo de recrutamento? Não devia, mas pode acontecer. Os recrutadores geralmente recebem centenas de currículos para cada vaga, portanto a perfeição é importante.

Limitar a sua procura: não limite as suas hipóteses candidatando-se apenas a funções onde se enquadra exactamente nos requisitos. Ao invés disso, opte por manter uma mente aberta e candidate-se a ofertas semelhantes, mesmo que não tenha todos os requisitos e aumente as hipóteses de ser chamado a entrevista.

Expandir a procura de emprego: parece contraditório, certo? Não deve limitar as suas candidaturas mas também não deve enviar o seu currículo para vagas em que não preenche nenhum dos requisitos.

Pesquisar apenas online: não adicione o seu currículo a sites de emprego e fique sentado à espera de receber contactos. Isso não vai acontecer. Seja pro-activo e utiliza recursos de emprego disponíveis, tanto online como offline.

Contradizer-se: se está em entrevistas com diversas pessoas, certifique-se de que mantém sempre a mesma “história”. Dizer algo a um recrutador e outra coisa a outro é uma boa maneira de não conseguir a vaga.

Insultar antigos empregadores: mesmo que o seu último emprego tenha sido horrível e o seu chefe fosse um idiota, não faça referência a isso. Como pode depois garantir ao seu futuro empregador que não irá fazer-lhe o mesmo no futuro?

Estar desleixado: candidatos se estejam mal vestidos, despenteados e com uma má apresentação não vão conseguir a oportunidade.

Estar demasiado arranjado: por outro lado, não exagere e não se vista como se fosse para uma gala ou casamento.

Demonstrar desespero: está há demasiado tempo desempregado e começa a ter dificuldades? Sente-se desesperado para conseguir a oportunidade? Não o demonstre! Os recrutadores têm que acreditar que quer o emprego porque é uma óptima oportunidade e que será uma mais-valia para a empresa.

Desistir: independentemente de como se encontra o mercado de trabalho, procurar emprego nunca é simples e pode ser difícil manter-se focado e positivo. Quando envia centenas de candidaturas e não obtém nenhuma resposta também pode ser difícil continuar motivado. No entanto é importante que não desista e que utilize todas as ferramentas que tenha disponíveis, encontrando sempre novas formas de alcançar e cativar os recrutadores.

 

Fonte: The Balance