Numa altura em que a cultura dos negócios é muito competitiva, ser um trabalhador árduo e dedicado são duas características essenciais para vingar no seu trabalho. Aliás, estes dois aspetos são comportamentos esperados pelas empresas a seu respeito.

Abaixo está uma lista com seis sinais que indicam que está a entregar-se demasiado ao seu trabalho.

Quando o tempo livre se torna um conceito distante

Apesar de poder estar tão envolvido com o seu trabalho que fica com pouco tempo livre de sobra, o seu trabalho não o deve consumir ao ponto de não ter tempo para si nem para mais nada.

Se já nem se consegue lembrar da última vez que esteve com os seus familiares ou amigos, assistiu a um filme que gostava ou foi às compras por prazer, ou que simplesmente fez algo que não estava relacionado com o trabalho, então isto é um forte sinal de que o seu trabalho está a consumir a sua vida pessoal.

Quando carrega o trabalho sozinho

Se é um perfecionista, faz parte da sua natureza assegurar-se de que tudo em que está envolvido está feito em condições. Contudo, esta tendência não deve significar que tem de carregar o peso dos projetos e tarefas sozinho.

Lembre-se que não tem força sobrenatural, por isso não pode fazer tudo sozinho. Mesmo que consiga, a empresa ou colegas não devem esperar que o faça. É por essas razões que existem freelancers.

Quando as suas aspirações estão relacionadas com o trabalho

Apesar de ser admirável possuir muitos objetivos profissionais, estes não devem ser a única coisa que pretende alcançar na vida. Tente criar um equilíbrio incluindo família, interesses e altruísmo. O seu futuro deve refletir mais do que apenas alcançar o topo da sua carreira.

Quando a sua mente está no modo trabalho

Pode conseguir tirar algumas pessoas do escritório, mas é impossível tirar o escritório das suas mentes. Claro que vão existir alturas em que é necessário levar algum trabalho para casa, mas isso não implica que tenha de ser todos os dias.

Se o seu corpo e mente estão sempre a trabalhar, mesmo em casa, isto é um sinal de que passou a linha que dividia a sua vida pessoal e profissional.

Quando só sabe falar do trabalho

É completamente aceitável falar do trabalho de vez em quando, contudo torna-se num problema quando o tema das suas conversas apenas retratam o seu trabalho. Se quando está com amigos e familiares apenas consegue falar sobre o seu trabalho, acredite, este é mais um sinal que a sua vida pessoal está em crise.

Quando o seu trabalho afeta a sua vida por inteiro

Enquanto a sua carreira ocupa grande parte do seu dia-a-dia e da sua essência, nunca se deve tornar na única coisa que o define. Os seus interesses não devem estar confinados aos parâmetros do seu trabalho. Encontre atividades e passatempos fora do emprego que lhe tragam prazer.

Se o seu trabalho define cada decisão que toma ou a sua reação em cada situação, então está na altura de ponderar o quanto se está a deixar afundar pelo trabalho.

Encontre a felicidade fora do trabalho, sentir-se-à muito mais saudável e feliz quando criar uma vida pessoal fora dos quatro cantos do seu emprego.

 

Fonte: Business Insider