decisões de carreira Sente-se estagnado na sua carreira? Não encontra emprego na sua área profissional? Mudar pode ser a solução. Mas antes de o fazer, coloque a si mesmo estas 10 perguntas para compreender se este é o passo mais acertado.

1. Sente-se feliz ao pensar nesta mudança de carreira/emprego?

Quando conversa com os seus familiares e amigos sobre esta possibilidade, sente vontade de continuar a falar e a sorrir durante muito tempo? Acredita que os seus dias seriam melhores se mudasse de carreira? Se a resposta é sim, está no bom caminho.

2. Sente-se assustado?

É normal que a ideia de procurar uma nova saída profissional o faça ficar nervoso e desconfortável. Mudanças estruturais na vida podem ter efeitos negativos – especialmente se avançar sem ter a certeza de que aquela é a opção correcta.

3.Está pronto para usar todas as suas forças?

O processo de transição entre profissões não é fácil. Vai ser necessário aprender novas competências, procurar emprego, competir com especialistas, manter a estabilidade financeira… Se não se sente psicologicamente preparado, não avance.

4. Tem vontade de aprender?

Uma coisa é certa: para mudar de carreira terá que apostar em formação. A mesma pode ser através de cursos, formação no trabalho, livros ou leitura de artigos escritos por especialistas. Dê o passo em frente somente se tiver vontade de estudar e aprender novas competências.

5. A nova oportunidade vai melhorar as suas competências profissionais?

Por outro lado, também deve pensar no futuro – vai aprender o suficiente para crescer como profissional?  Esta mudança de carreira vai expandir as suas competências?

6. A nova oportunidade fá-lo ver o sucesso de forma diferente?

Muitas vezes há a necessidade de decidir entre dinheiro e valorização profissional. Se neste momento está a trabalhar só por motivos financeiros, mudar de carreira pode ser uma boa aposta. Se o novo emprego o fizer feliz, dê o passo em frente.

7. A sua família e amigos serão afectados por esta mudança?

Lembre-se que as suas acções afectam outras pessoas. Em caso de dúvida, pergunte-lhes se estão de acordo com a sua decisão de mudar de carreira.

8. É um decisão responsável em termos económicos?

Embora recomendemos que mude de carreira e integre o seu emprego ideal, não deve descurar o aspecto financeiro.  Antes de avançar, garanta que tem condições para continuar a suportar o estilo de vida que tinha anteriormente – pelo menos o pagamento da casa, alimentação e despesas.

9. Pensando a longo termo, esta decisão é acertada?

A decisão de hoje vai afectar a sua vida daqui a 30 anos. Mudar de carreira vai ser proveitoso para o seu percurso profissional? Existe possibilidade de ser promovido no novo emprego? Daqui a 20 anos ainda haverá espaço no mercado de trabalho para alguém com a sua experiência?

10. Este é o momento ideal para mudar de carreira?

Antes dar o passo em frente,  analise a sua situação. Tem estabilidade emocional, financeira e profissional suficiente para mudar de carreira? Se se sente capaz de ultrapassar todos os obstáculos, dê o salto.   Mudar de carreira nunca é uma decisão fácil. Tenha uma “conversa séria” consigo mesmo para perceber se esta é uma boa ou má aposta. Fonte: LifeHack