Passou à próxima fase e agora não sabe o que esperar? Fique a conhecer 10 perguntas a que certamente vai responder na segunda entrevista.

As segundas entrevistas podem ter formatos diferentes, mas existem algumas coisas com as quais pode contar.

Provavelmente irá falar com o chefe de recrutamento individualmente e ele irá decidir se você passa a uma próxima fase ou se irá trabalhar na empresa.

A segunda entrevista pode também significar uma reunião com outros membros da equipa ou até mesmo com o seu futuro chefe.

Está a pensar qual será a melhor forma de impressionar o recrutador para assim lhe dar a certeza que você é a escolha certa? Veja as 10 perguntas a que vai ter de responder  na segunda entrevista, mas antes saiba como se preparar.

Como se preparar para a segunda entrevista

Preparar-se para a segunda entrevista é refletir sobre o que aprendeu na primeira entrevista, para que isso o ajude a preparar-se.

Primeiro, considere o que o chamou a atenção ao entrevistador. Houve alguma habilidade ou experiência que ele quis saber mais sobre ela?

Em segundo lugar, pense no que soube sobre os objetivos futuros ou a visão da equipa e da empresa. Pesquise sobre a empresa, tenha ideias ou soluções que possa apresentar.

Depois de tudo isto alinhado, pratique responder a exemplos de perguntas em voz alta, para isso mostramos-lhe algumas perguntas e exemplos de como responder:

1. Fale sobre si

Sem qualquer surpresa, muitas entrevistas começam desta forma. Aqui os entrevistadores não querem apenas saber quem você é, mas querem saber sobre quem você é no contexto da oferta a que se candidatou.

Por outras palavras, está é a sua oportunidade de se apresentar ao entrevistador e conectar a sua história às necessidades da empresa.

Como responder:
Comece por falar do presente, depois do passado e por fim do futuro. O seu presente é a sua função atual, juntamente com qualquer conhecimento ou interesse específico que tenha. O passado é a experiência anterior que traz e como adquiriu as suas habilidades e o futuro é o que espera da sua carreira, pelo menos num futuro próximo.

Nesta entrevista será importante mostrar o que aprender na primeira e sobre a empresa, então inserir isto ao falar do seu futuro.

2. O que o torna adequado para esta função?

Provavelmente na primeira entrevista já ouviu uma questão deste género, mas na segunda poderá estar a falar com pessoas diferentes, então é possível que haja repetição. Se o entrevistador for o mesmo, ele pode também estar a querer saber a sua resposta, agora que sabe mais sobre a função e empresa.

Assim, o entrevistador pretende saber como é que as suas qualificações se relacionam com a vaga de emprego e ter a certeza de que você percebeu bem a função.

Como responder:

O objetivo é responder de uma forma mais específica para a função e empresa, agora que sabe mais, procure intersetar o que você tem para oferecer com o que a empresa precisa. Por outras palavras, fale sobre o que você pode fazer pela empresa e não o que a empresa pode fazer por si.

3. O que espera realizar nos primeiros meses?

Aqui o entrevistador está a tentar descobrir qual  o candidato que irá escolher. Então, é a oportunidade perfeita para mostrar tudo o que pesquisou sobre a função e a empresa.

Como responder:

Mostre ao entrevistador como planeia aprender sobre as questões em que ele está a trabalhar e como planeia agir com base no que aprendeu. O objetivo é mostrar que sabe sobre a função, como aprenderá mais e como irá contribuir quando estiver atualizado.

4. Qual é a sua experiência ou como lidaria com (desafio ou nova iniciativa que a empresa tem de momento)?

Quando as perguntas da entrevista se tornam específicas como esta, significa que essa é uma parte crítica do trabalho. O entrevistador já o está a tentar imaginar na função e como você os pode ajudar.

Então, entre em detalhes de como enfrentaria os seus desafios imediatos. Faça um favor a si mesmo e responda de forma mais abrangente possível. Responder mal a algo assim pode ser um obstáculo.

Como responder:
Pode ser complicado responder a uma pergunta sobre uma nova iniciativa num empresa para a qual você ainda não trabalha. Então, não entre em hipóteses ou detalhes, fale sobre a sua própria experiência com uma situação semelhante.

Comece a sua resposta ligando o que a empresa está a passar com algo em que você trabalhou no passado e, em seguida, concentre-se no que você fez e nos resultados dessa experiência.

5. Que estilo de gestão funciona melhor para si?

A segunda entrevista além de ser para ver se você será capaz de fazer o trabalho, é também para ter a certeza que você trabalhará bem com a equipa. Esta pergunta é uma tentativa de entender que tipo de gerente ou chefe é mais adequado para si e se as suas preferências correspondem ou não ao estilo de trabalho deles.

Como responder:

Seja honesto sobre o tipo de chefe que funciona melhor para si. Você não quer trabalhar num lugar onde não terá sucesso.

6. Conte-me sobre uma vez em que discordou de um colega

Semelhante à pergunta anterior, esta também explica como você trabalharia com a equipa atual, mas, além disso, o entrevistador também está a querer saber como você resolver problemas.

Como responder:
Não dê um exemplo em que não houve de facto uma discordância. Conflitos existem no trabalho e, ao evitar a pergunta, mostra que pode ser o tipo de pessoa que tem medo de expressar a sua opinião ou que ignora os conflitos que acontecem à sua volta.

7. Porque quer deixar o seu emprego atual? (Ou porque deixou o último emprego?

A segunda entrevista tende a ser mais 20 que a anterior, então deve estar preparado a que o entrevistador aprofunde um pouco mais.

O entrevistador tentará encontrar sinais de alerta na sua experiência anterior, incluindo por que motivo está a querer deixar ou deixou a sua função mais recente. Se foi demitido ou se está apenas à procura de um novo desafio.

Como responder:
Tente ser honesto sem ser negativo. Mesmo que tenha mais coisas negativas que positivas, mantenha a sua resposta entre o neutro e o positivo. Ser negativo vai passar má imagem de si e da experiência anterior.

8. Quais são os seus objetivos de carreira a curto e longe prazo?

Mais uma vez, esta é uma questão para descobrir se os seus planos e objetivos de carreira se enquadram nos da empresa. Portanto, é provável que lhe perguntem qual é a probabilidade de querer ficar na empresa por algum tempo.

Integrar e treinar um novo funcionário, mesmo que ele tenha habilidades relevantes, é um processo trabalhoso e caro. As empresas por norma não estão interessadas em investir em alguém que planeia sair passado um ou dois anos.

Como responder:
Deve ser bastante específico e alinhar os seus objetivos com a função a que se candidata. Para os objetivos a longo prazo pode ser um pouco mais vago, procure referir algo que implique ascensão – como gerenciar uma equipe ou liderar um projeto.

9. Qual é o seu objetivo de salário?

Os recrutadores querem saber se lhe podem pagar antes de o contratar, então mesmo que já tenha ouvido esta questão anteriormente é porque estará na mesma linha que a empresa. Se não referiu anteriormente um número firme, deve fazê-lo.

Como responder:
É sempre um pouco estranho falar sobre dinheiro, mas pode amenizar a estranheza e deixar algum espaço para negociações futuras definindo uma faixa salarial. Também poderá contestas e perguntar primeiro ao entrevistador qual é a faixa salarial para a função.

10. Existe algo da sua entrevista anterior que gostaria de discutir?

As entrevistas são, em teoria, uma conversa contínua entre duas partes. Esta pergunta é uma forma de continuar a conversa da sua primeira entrevista e, na verdade, é um gesto simpático do entrevistador, ele está-lhe a dar uma oportunidade de liderar a conversa.

Como responder:
Pode ser muito tentador dizer apenas “Não!” e falar outro dia com ele. Mas o ideal será aproveitar esta oportunidade para acrescentar algo que se tenha esquecido ou explicar melhor algo que acha que não foi esclarecedor.

 

Perguntas que você pode fazer numa segunda entrevista

Além de se preparar para responder a algumas perguntas, pode também preparar-se para fazer as suas próprias questões.

Normalmente, terá a oportunidade de fazer pelo menos algumas perguntas no fim da entrevista e está é uma ótima oportunidade para saber mais sobre a função ou equipa. Mas também para mostrar um pouco do trabalho de casa que fez desde a sua última entrevista.

Não se esqueça que também deve fazer perguntas que gostaria de saber antes de decidir aceitar a oferta.

Algumas questões:

  • O que mais gosta e o que menos gosta ao trabalhar na empresa?
  • É encorajado a correr riscos?
  • O que acontece quando as pessoas falham?
  • Como descreveria a política organizacional?

Também pode ser específico com perguntas como:

  • Mencionou (novo projeto), qual seria o papel da minha função neste projeto?
  • Quando falei com (membro da equipa), parecia que a equipa está à procura de alguém que possa (habilidade). Pode-me contar mais sobre como vê essa função a interagir com o resto da equipa?

O que fazer após a entrevista?

Tal como em qualquer entrevista, no fim da segunda tem de fazer algo muito importante: escrever uma nota de agradecimento.

A nota de agradecimento é provavelmente a última comunicação que tem com o recrutador antes de ele tomar uma decisão sobre quem contratar ou passar às próximas etapas.

Agradeça pelo tempo, destacando as partes da conversa de que mais gostou e concluindo como o que aprendeu o deixa ainda mais entusiasmado com a oportunidade.

 

Prepare-se da melhor forma para a segunda entrevista, se chegou até aqui é porque é uma boa hipótese para a empresa. Então, esta é mais uma oportunidade que tem para mostrar o que vale.

Fonte: The Muse