Encontrar um novo emprego pode ser uma experiência stressante. Desde criar o currículo ideal até arrasar na entrevista, existem imensas oportunidades para estragar as coisas.

Para o ajudar a evitar que maus hábitos venham ao de cima nos seus piores momentos, listámos diversos comportamentos que não o ajudam – muito pelo contrário – no dia-a-dia do seu emprego.

Ser desleixado

O seu currículo é o primeiro contacto com os Recursos Humanos ou com os recrutadores. Por isso, erros gramaticais e de formatação são meio caminho andado para ir parar à lixeira dos recrutadores em segundos.

Se o seu currículo é desleixado, é a isso que os recrutadores o vão associar.

Não fazer o trabalho de casa

Os recrutadores vão tomar nota dos candidatos que dedicaram o seu tempo a conhecer a empresa e as suas responsabilidades e valores e que estudaram o que a empresa pretende com o cargo.

Isto demonstrará que se candidatou à oportunidade considerando os factos e não por desespero.

Lutar desesperadamente por atenção

Se pretende que o seu cv se destaque dos restantes, então que seja pelo seu conteúdo e formato. Utilizar fundos coloridos, diversas fontes ou até mesmo efeitos espalhados pelo seu documento vai chamar a atenção, mas não a desejada.

Fumar e beber

Nunca fume antes de uma entrevista de emprego. Os recrutadores vão se aperceber do cheiro. Para o candidato pode não importar, mas a grande maioria dos recrutadores deixou esse mau vício.

Beber antes das entrevistas também não é uma brilhante ideia. Apesar do álcool poder ajudar a acalmar os nervos, fá-lo à custa dos seus sentidos, correndo o risco de não parecer inteligente.

Não ser higiénico

Quer esteja com pouca água ou não, se existe uma ocasião para realmente tomar banho, é antes de uma entrevista de emprego.

Vai querer que os recrutadores se foquem no seu odor, ou na sua brilhante comunicação? A falta de prezo pela sua aparência pode ser levado como uma potencial falta de esforço no seu trabalho.

Chegar atrasado

O atraso frequente é um mau hábito bastante comum, mas faça os possíveis e os impossíveis para não chegar atrasado à entrevista.

Se chegar atrasado, vai passar uma imagem de irresponsável ao recrutador, e que não leva a entrevista a sério e muito menos respeita o seu tempo. E isto não é a primeira impressão que quer fazer.

Tente planear chegar pelo menos 15 minutos antes da hora. Se afinal chegar mais cedo do que o esperado, tente matar tempo ao frequentar um café ou dar umas voltas à vizinhança.

Chegar demasiado cedo também não é bom, uma vez que pode torna-se frustrante para o recrutador e para sua agenda.

Mandar mensagens enquanto espera

É uma boa ideia chegar um pouco antes da hora marcada, mas cuidado para o aborrecimento não levar a melhor de si.

Estar ao telemóvel enquanto espera pode levar os outros pensarem que preferia estar noutro lugar.

A maioria das salas de espera têm revistas, olhe ao seu redor, leia algo, até os panfletos sobre a empresa. Ler isso irá refletir o seu interesse na empresa.

Arranjar-se em público

É aconselhado ter consigo um pequeno pack ou embalagem de higiene para um rápido toque, caso seja necessário antes da entrevista começar. Mas em vez de aplicar batom ou escovar o seu cabelo na receção, deve chegar uns minutos mais cedo e retocar-se na casa-de-banho.

Trazer demasiadas coisas consigo

O seu portefólio e cópias do seu currículo é tudo o que precisa de trazer para a sua entrevista – tudo o resto é supérfluo. É aconselhado deixar o seu café ou garrafa de água no carro e resguardar o seu telemóvel para ter as mãos livre para cumprimentar o recrutador.

Vestir-se demasiado casual

É como dizem, vista-se para o emprego que quer, não para o que emprego que tem.

Roupas desleixadas gritam desinteresse e são um sinal que acabam com o interesse do recrutador em si.

E vestir-se demasiado formal para uma entrevista pode levar o recrutador a pensar que não investigou a empresa o suficiente para conhecer a sua cultura e que não se adequa à mesma.

Falar sem pensar

Isto é um hábito terrível – e pode ser especialmente prejudicial durante a procura de emprego.

Dizer o que não deve ao rececionista, por exemplo, pode destruir a sua oportunidade de ficar com o emprego. Os rececionistas são os primeiros pares de olhos e ouvidos que a empresa tem, e o que lhes disser irá chegar aos ouvidos dos recrutadores.

Continuar a perguntar constantemente ao rececionista se tem a certeza de que o recrutador sabe que já chegou e que está à sua espera pode transmitir uma má imagem.

Ser demasiado informal

Apesar de não precisar de fazer uma vénia perante o seu recrutador, deve ter sempre o cuidado de se apresentar adequado à ocasião, principalmente perante a pessoa que irá determinar se é um bom investimento para a empresa.

Projetar uma má atitude

Se duvida das suas próprias capacidades e apenas consegue ver o pior que pode acontecer, o recrutador irá observar isso e anotar a sua má energia e espírito mentalmente.

Dentro do mesmo campo, é importante não falar mal de antigos superiores ou colegas de trabalhado durante o processo de recrutamento. Mesmo que a empresa onde trabalhou seja conhecida pelos seus problemas, uma entrevista de emprego não é o local para expressar a sua raiva.

Outra má atitude, a arrogância, que é frequentemente confundida com confiança. Entre na sua entrevista com uma mistura de confiança a humildade, sorria e demonstre o seu entusiasmo.

Partilhar demais

Naturalmente, o propósito da entrevista é impressionar a empresa com os seus talentos e competências. Mas tenha atenção ao exagero, os recrutadores podem ficar a conhecer mais sobre si do que o necessário.

Para evitar partilhar demasiado as coisas, siga este conselho: mantenha as coisas relevantes. Deixe de fora a sua infância. Não insista em favores especiais e não use o termo “dá cabo do negócio”.

Em vez disso, oiça e deixe ao recrutador a oportunidade de questioná-lo

Interromper

É de mau tom interromper alguém. Quando o faz, só demonstra que não tem respeito, paciência ou bom senso.

Apesar de participar na conversa pode-lhe ganhar alguns pontos, fazê-lo numa má altura pode eliminar esses pontos todos.

Dizer palavrões

Pode estar muito entusiasmado por ser entrevistado por alguém importante na empresa, mas espalhar palavrões e expressões menos contidas pode prejudicar a sua oportunidade.

Falar deste modo apenas demonstra a sua falta de controlo emocional em lidar com a situação.

Utilizar más palavras ou linguagem questionável não é apenas um mau hábito, mas na maioria das empresas, ainda é considerado falta de profissionalismo.

Mentir

69% das empresas dizem que apanhar um candidato a mentir é uma falha que acaba imediatamente com a oportunidade do candidato ficar com o cargo.

Mentir ou exagerar durante o processo de recrutamento pode destruir a sua oportunidade de alguma vez ser contratado por essa empresa. Acredite, hoje em dia é cada vez mais fácil apanhar as mentiras durante o processo de recrutamento.

Ter uma má linguagem corporal

O que diz na sua entrevista é tão importante como a forma como o diz, e uma má linguagem corporal pode deitar a sua oportunidade por terra.

Os comportamentos mais comuns que se inserem nesta categoria são a falta de contacto visual, ou o facto do candidato não sorrir e ter uma má postura.

Comportamentos nervosos como andar às voltas com as suas chaves, abanar as suas pernas e coçar a sua cabeça podem ser levadas como um sinal de aborrecimento.

As entrevistas são intensamente stressantes, até para aqueles que estão a conduzir a entrevista. Através da sua postura corporal, tente demonstrar o quanto está entusiasmado com a oportunidade de competir para este cargo.

Não ficar agradecido

Um dos erros mais fatais que pode cometer no fim da entrevista é não dizer “Obrigado”.

Quer tenham passado 30 minutos numa sala de conferências, ou numa entrevista via Skype porque se encontra fora, ou feito uma pré-entrevista por telemóvel, é sempre de bom tom agradecer com um follow-up e sublinhar o seu interesse na empresa e no cargo em questão.

Quando não envia um email de agradecimento, os recrutadores ficam com a ideia de que não tem interesse na vaga. Assumem que é desorganizado e que se esqueceu de enviar o email. E assim se perde uma oportunidade.

 

Fonte: Business Insider