Quando enviamos uma candidatura, muitas vezes não sabemos a quem nos estamos a dirigir. Então, se não tiver um nome ou cargo a quem se dirigir, saiba algumas maneiras de endereçar a sua carta de apresentação.

“A quem possa interessar” nunca é uma boa forma de endereçar a sua carta. Além de parecer antiquado, mostra preguiça, apatia ou falta de desenvoltura. Nada disto o ajudará a conseguir o trabalho.

Conheça então algumas alternativas para usar a próxima vez, o The Muse enumera 7 maneiras de endereçar a sua carta de apresentação, que nós mostramos-lhe agora:

1. Caro… / Olá… (nome da pessoa a quem se dirige)

A melhor coisa que pode fazer é descobrir a quem deve dirigir a sua carta de apresentação, que será o seu potencial futuro chefe.

Por vezes é fácil, por exemplo, se o anúncio disser algo como “a reportar ao editor-chefe”, pode investigar quem é o editor-chefe (na página da empresa pode conseguir) e dirigir a carta a ele.

Mas se não for assim tão claro, investigue quem será a pessoa a que se deve dirigir.

Enquanto faz a pesquisa da empresa, tente avaliar o quão formal é a cultura para determinar se:

  • Começará com “Caro” ou “Olá” (ou mesmo nenhum deles e iniciar com o nome);
  • Deve usar títulos honoríficos (Sr., Sra., Dr., Prof., etc);
  • Deve usar um nome completo ou apenas o primeiro nome.

Se não tiver a certeza, provavelmente desejará ser mais formal, mas certifique-se de não errar acidentalmente o género de alguém com o título honorífico errado (se não puder confirmá-lo 100%, abandone qualquer linguagem de género e apenas use o nome).

2. Prezado (nome do chefe do departamento ao qual se candidata)

Se fez um esforço para descobrir quem seria o seu futuro chefe e não obteve nenhuma resposta, não entre em pânico. Nem sempre é possível encontrar essas informações.

No entanto, ainda pode enviar a carta de apresentação dirigida a uma pessoa específica, escolhendo o chefe do departamento ao qual a função de enquadra.

3. Prezado (nome do departamento ao qual se candidata)

Na mesma linha do anterior, se você não conseguir encontrar o nome do chefe do departamento, pode ir em frente e enviar a sua carta à equipa ou departamento.

Por exemplo, pode dizer “Prezado departamento de vendas” ou “Olá equipa de produto”.

4. Caro (nome do recrutador)

Se está determinado a escrever para uma pessoa específica, mas desistiu de encontrar o gerente ou chefe do departamento, ainda há esperança!

Concentre-se no recrutador ou no chefe ou especialista de recrutamento, poderá enviar a carta para eles. Afinal, eles serão os provavelmente os primeiros a ler e decidir se você passa à próxima etapa.

5. Prezado (o que a empresa chame: equipa ou departamento de recrutamento)

Se não consegue descobrir a quem se dirigir, então descubra como é que a empresa chama, para se poder dirigir como “Prezado Departamento de Recrutamento” ou “Prezada Equipa de Aquisição de Talentos”.

6. Caro Recrutador / Gerente de Contratação

Outra opção é endereçar a sua carta de uma forma mais genérica ao recrutador ou gerente de contratação, usando esses mesmo títulos.

7. Prezado (função para a qual de candidata), comité de pesquisa / gerente de contratação / equipa de contratação

Mesmo assim, pode ser um pouco mais específico, incorporando a função para a qual se candidata na saudação. Então, pode dizer por exemplo “Prezado comité de seleção de executivos de contas”.

No mínimo, você está a mostrar que sabe a que cargo se está a candidatar e que ajustou a sua candidatura.

 

O seu objetivo final ao escrever uma carta de apresentação é chegar à próxima etapa do processo de contratação. Lembre-se que tem de impressionar as pessoas, então deve tratá-los pelos nomes, funções, equipas, departamentos e comités.