Os recrutadores apenas precisam de segundos para decidir se é um bom investimento para a empresa. Deste modo, é essencial certificar-se que possui muitas das capacidades, experiência e qualidades que a organização mais valoriza.

É também de grande importância focar-se nas suas competências e pontos fortes mais relevantes quando está a escrever o seu currículo e carta de apresentação e durante a entrevista de emprego. Quanto mais alinhado estiver com o cargo e mostrar de que forma pode acrescentar valor à empresa, maior é a sua oportunidade de obter sucesso na sua procura de emprego.

Analise a lista de tarefas

Anúncios de emprego estão habitualmente estruturadas em secções. É de esperar ter informações sobre a empresa, detalhes sobre as qualificações desejadas dos candidatos e uma descrição das funções e responsabilidade do cargo em questão.

Algumas são breves, enquanto outras podem ter mais detalhes sobre a empresa ou o cargo. Leve o seu tempo a analisar essa oferta, para se compreender exatamente o que a empresa pretende.

Faça uma lista

Se encontrou uma oportunidade que acredita ser ideal para si, o primeiro passo a tomar é conectar as suas competências com os requisitos da empresa e criar uma lista com as qualificações do candidato ideal. Se um anúncio de emprego estiver bem escrito e detalhado, é capaz de estruturar essa lista muito facilmente.

Destaque todas as palavras-chave que descrevem as competências, as qualidades ou experiência que a empresa listou como requisito ou preferência. Além disto, reveja as funções e suponha que qualificações são necessárias para executar este cargo.

Obtenha mais informação

Em algumas ocasiões, os anúncios de emprego são curtos e não revelam muito sobre as expetativas da empresa. Tente pesquisar sobre a empresa através do seu website, que pode apresentar mais informação.

Outra estratégia é pesquisar em sites/portais de emprego, como o Alerta Emprego, utilizado o mesmo título para ter uma maior noção do que os recrutadores procuram nos candidatos. N

Peça conselhos

Se está mesmo motivado para conseguir um emprego em particular, tente conversar com profissionais da área sobre o necessário para exercer o cargo com sucesso.

Entre em contacto com a sua rede de Linkedin, a sua família e amigos para construir uma lista de contactos para este tipo de situações.

Faça uma conexão

Assim que tiver estruturada uma lista detalhada com as qualificações para o seu emprego-alvo, reveja cada tópico na lista e pense em como pode provar que possui essas competências. Escreva uma frase as suas qualificações – quanto mais, melhor -, detalhando as situações em que as utilizou, através de outros empregos, ações de voluntariado, entre outras.

Sempre que possível, apresente algum reconhecimento ou resultados positivos obtidos anteriormente. Por exemplo, se um dos requisitos do cargo é forte capacidade de escrita, pode dizer “Enquanto estagiário numa campanha, escrevi dois comunicados de imprensa sobre a plataforma do candidato, que resulta em dois artigos nos media locais.”

Priorize as suas qualificações na carta de apresentação

Faça das suas qualificações uma prioridade no que diz respeito à sua carta de apresentação. Componha um primeiro parágrafo com referência ao emprego a que se candidata e apresente as competências-chave nas primeiras linhas, com o objetivo de prender o leitor e incentivá-lo a ler a carta até ao fim.

Certifique-se que a sua carta de apresentação possui os elementos necessários através desta checklist.

Reveja o seu currículo

Leia e relei-a o seu currículo para se assegurar que menciona as qualidades e competências preferidas para o cargo. Liste as frases de maior prioridade no início para chamar mais a atenção.

Se tem alguns empregos que acrescentam uma maior qualificação que outros, pode estruturá-los numa categoria de liderança no topo do seu currículo, como “Experiência Relacionada”.

Inclua cabeçalhos

Alguns candidatos poderão ter conjuntos de experiências que correspondem às qualificações-chave. Um exemplo é a escrita e organização de eventos, que são altamente qualificados para um emprego em específico.

Se um candidato possui experiências que se enquadrem nestas categorias, é possível criarem cabeçalhos como “Escritor Experiente” e “Experiência em Organização de Eventos” e colocarem o campo de “Experiências Relacionadas” nessas secções do currículo. Cabeçalhos relevantes vão chamar muito mais a atenção dos recrutadores a qualificações-chave na primeira vista de olhos.

Durante as entrevistas de emprego

Antes da entrevista, reveja a lista de qualificações que criou quando esteva a preparar a sua candidatura. Esteja preparado para discutir os detalhes de competências em específico.

Pode também voltar a frisar o que o qualifica para o cargo através de um follow-up para a empresa, agradecendo a oportunidade da entrevista.

 

Fonte: The Balance Careers