Hoje em dia é cada vez mais complicado um candidato destacar-se dos outros. Ora por possuírem experiência profissional semelhante, ora por terem as mesmas competências.  E por esta razão é um grande desafio um candidato conseguir destacar-se com sucesso.

Daí existir um grande foco por parte das empresas em aconselhar os candidatos a procurarem novas formas de o fazer.

Uma boa forma de um candidato se destacar, para além de escrever no seu currículo determinados trabalhos que liderou ou fez parte, é mostrar o que construiu e desenvolveu através de um portefólio com todos os seus trabalhos anteriores.

Nos tempos de hoje onde o digital é uma grande parte do nosso quotidiano, a criação desta ferramenta online é bastante vantajosa. Mas não fique já com a ideia de que é só chegar e fazer. Siga os conselhos abaixo e assegure-se que realmente tem em mãos um portefólio que fará a diferença quando chegar o momento certo.

Aposte no visual

Como é dito e repetido, uma imagem vale mais do que mil palavras, por isso utilize esta expressão o melhor que pode, certificando-se que o seu portefólio possui um visual com direção. Este deve incluir exemplos de alguns trabalhos, nos quais esteve envolvido e que demonstrem as suas capacidades.

Faça-o através de vídeos e de ferramentas de multimédia. Será uma prova da sua criatividade e capacidades que enumerou no seu currículo.

Tenha um blog

Um blog é uma boa forma de construir a experiência que destacou no CV. Escrever no blog regularmente demonstra que possui determinação e paixão, algo que pode chamar a atenção dos recrutadores.

Os blogs são ótimas ferramentas que mostram a capacidade de escrita e comunicação do candidato, que são cruciais em qualquer emprego. Deste modo, a escrita de artigos acaba por provar as suas competências e capacidades nessa área.

Mostre a sua personalidade

O seu website é exatamente isso: seu. Utilize designs, grafismos e desenvolva conteúdo que reflitam a sua personalidade. Ao contrário do convencional CV, no seu website/portefólio tem uma margem muito maior para revelar aspetos da sua personalidade que possam captar a atenção dos recrutadores.

Certifique-se também que o seu portefólio passe toda a sua paixão e entusiasmo para o recrutador, sem nunca se esquecer de ir atualizando a informação.

Não há problema em gabar-se…um pouco

Nunca cometa o erro de menosprezar a sua experiência, ao pensar que os recrutadores não vão dar valor à mesma. Aproveite este portefólio para incluir boas recomendações de antigos superiores e de tutores que acompanharam o seu progresso. Basta pedir a autorização dos mesmos primeiro.

Mantenha a simplicidade

A simplicidade é a chave. Com um horário apertado e muito movimentado, os recrutadores não podem perder muito tempo com um candidato, deste modo é essencial os mesmos conseguirem conhecê-lo e ao seu trabalho num curto espaço de tempo. Evite grandes parágrafos de texto, principalmente quando uma imagem ou vídeo o pode explicar.

Isto também se aplica à navegação do seu portefólio, mantenha uma estrutura curta e lógica.

Não se esqueça do básico

Chegando aqui já fez o trabalho quase todo, mas existe algo que nunca se pode esquecer de ter no seu portefólio. Não se esqueça de ter uma secção dedicada a si, onde fala sobre si, a sua educação, qualificações e a sua experiência profissional, tal como objetivos pessoais e profissionais que pretende alcançar.

 

Fonte: The Undercover Recruiter