CV's 7 factos que os recrutadores procuram

No processo de selecção, os recrutadores procuram, através do seu CV, factos que justifiquem chamá-lo para a entrevista, ou seja, procuram provas de que será capaz de realizar as tarefas inerentes à função.

Já dissemos anteriormente que deve evitar clichês em seu currículo, mas o que muitos não sabem é que informações são procuradas pelas empresas. Com a ajuda do The Undercover Recruiter, apresentamos-lhe os factos que são procurados pelos recrutadores num CV:

1. A sua posição na hierarquia

A empresa quer saber onde se encaixará na equipa. Tem uma posição de liderança? Supervisiona uma grande equipa? É responsável por uma equipa independente? Certifique-se que inclui informações desse tipo no seu CV.

2. Com quem tem contactos

A interacção humana é vital para o funcionamento de qualquer organização e o recrutador precisa estar convencido de que saberá relacionar-se com os seus colegas, clientes, fornecedores, etc. A maioria dos cargos exige que tenha contactos com uma variedade de indivíduos e o seu CV deve ser capaz de provar que pode construir fortes relações no trabalho e usá-las para criar resultados benéficos para a empresa.

3. Competências tecnológicas

A tecnologia é utilizada em todas as empresas e, por este motivo, a maioria dos cargos exige algum tipo de conhecimento tecnológico, seja de programação, software ou hardware. Os empregadores querem perceber qual a sua capacidade para utilizar os sistemas informáticos, desde o nível básico do Pacote Office (WordExcelPowerPoint) a programas avançados. Especifique os conhecimentos que tem e explique como poderá aplicá-los no desempenho da função a que se candidata.

4. Trabalho produzido

Independente do trabalho que faz, é importante quantificar os resultados no seu currículo. Seja claro sobre o que produziu, a qualidade do trabalho e como acrescenta valor para os clientes ou para a empresa.

5. Contexto sobre a empresa

Poucos candidatos incluem uma explicação suficiente da empresa onde trabalha/trabalhou, não dando informações suficientes para que os recrutadores compreendam plenamente o seu trabalho. O nível de detalhes que irá incluir depende da organização. Se for uma empresa pequena, provavelmente o recrutador não conhecerá, sendo necessário falar sobre o tipo de serviço que oferece e os mercados em que operam. Se for uma empresa reconhecida, foque no departamento no qual trabalha/trabalhou e como contribui para o sucesso da empresa. Mas seja sucinto para não deixar o currículo demasiado extenso.

6. O objectivo das suas funções

Relativamente  às suas experiências profissionais anteriores, o aspecto mais importante para os recrutadores é saber para que funções foi contratado. Para isso, inclua uma lista das actividades desempenhadas, reuniões, apresentações, etc. Seja claro e objectivo para que os leitores possam compreender as suas funções.

7. Números

Os recrutadores vão olhar para os números no seu CV como uma maneira de quantificar o seu valor para a empresa. Se oferecer algumas estatísticas em torno da receita que gerou para a empresa, ou o valor de um projecto que tem apoiado, será uma óptima maneira de provar o seu valor. Mas os números nem sempre têm de ser monetários, poderá também incluir informações tais como percentagem de clientes conquistados ou o tempo necessário para concluir um projecto.

 

Lembre-se: Quando for escrever o CV, forneça detalhes nas descrições das funções desempenhadas, assim, estará oferecendo ao recrutador as provas necessárias para chamá-lo à entrevista!