Mudar de carreira é algo que passa pela mente de muitos trabalhadores pelo menos uma vez. Quem pretende fazê-lo precisa de estabelecer um plano sólido onde pondera todos os fatores que estão envolvidos e aqueles que resultarão dessa decisão.

Esta mudança é como um investimento, onde estão em causa o seu tempo e o seu dinheiro, e deste modo é aconselhável determinar os passos necessários para que esta mudança de carreira seja bem-sucedida.

Determinar se realmente precisa de mudar de carreira

Muito antes de pensar em mudar de carreira, tem de decidir se realmente esta mudança é justificável. Talvez seja apenas preciso procurar novas ofertas de trabalho, algo que por si só não é fácil, mas não é tão difícil como mudar inteiramente de carreira.

Autoavaliação

Se realmente pretende seguir com essa ideia para a frente, é necessário fazer uma autoavaliação, a nível de valores, competências, personalidade e interesses, utilizando ferramentas com esse propósito. Estas ferramentas, chamadas com frequência como testes de carreiras, são utilizadas para gerar uma lista de ocupações, tendo em conta as respostas dadas a um conjunto de questões.

Por outro lado, algumas pessoas preferem ter conselheiros de carreira ou outros profissionais da mesma área a ajudá-los a determinar as várias opções de escolha.

Listagem de ocupações

Através das ferramentas que utilizou para fazer a sua autoavaliação, observe todas as ocupações que surgiram. Provavelmente serão muitas, o que implica reduzir essa lista, onde possam estar listadas entre cinco ou dez ocupações. Marque as repetidas, distinga as que já considerou anteriormente e que lhe parecem interessantes. No fim tente criar uma lista final com apenas as ocupações que realmente pretende explorar futuramente.

Explorar as ocupações listadas

Para cada uma das opções da sua lista, faça uma pesquisa intensiva a nível de descrição da vaga de emprego, a nível educacional e outros requisitos, como oportunidades de carreira, as vantagens e outros detalhes semelhantes.

Reduzir a lista de ocupações

Distinga as suas ocupações tendo em conta o que aprendeu com a sua pesquisa. Ou seja, não vale a pena estar a investir o seu tempo e energia para uma vaga cujos requisitos são muito acima do que possui ou vagas que já não acha adequadas.

Informe-se sobre as ocupações

Agora que possui um leque de opções menor, é essencial aprofundar a pesquisa. O melhor modo de o fazer é reunir informação de pessoas que tenham conhecimento puro sobre essas ocupações. Como por exemplo, trabalhadores que exerçam ou exerceram essa função.

Defina os seus objetivos

Ao chegar aqui já deve ter uma decisão final sobre qual opção pretende investir. Deste modo, é necessário planear os seus próximos passos para que possa encontrar um emprego nessa área, mas não sem antes traçar alguns objetivos.

Plano de Ação

Após delinear os seus objetivos, é necessário esboçar um plano de modo a saber como os alcançar.

Um plano de ação de carreira será um ótimo guia que o ajudará a alcançar os seus objetivos, a curto e longo-prazo.

Prepare-se para a nova carreira

Mudar de carreira pode implicar alguma preparação. Neste caso, tente perceber que competências já possui e que pode utilizar ao exercer a sua nova função e quais as que precisa de adquirir. Aprender novas competências podem resultar de várias formas, como tirar uma licenciatura, realizar um estágio ou até mesmo ingressar em cursos específicos.

Diga adeus à sua carreira atual

Caso tenha feito toda esta preparação após perder o seu emprego, não necessita de se preocupar em abandonar o seu trabalho. Caso esteja empregado, terá de deixar o seu posto atual e lidar com as consequências que resultarão da sua demissão.

 

Fonte: The Balance Careers