A companhia aérea Emirates está a recrutar reforços em Portugal. A empresa pretende integrar novos profissionais na sua equipa de tripulação de cabine, e para este processo, a companhia está de volta a Portugal este sábado, até ao próximo dia 20 de fevereiro.

O Recrutamento de Tripulantes de Cabine será realizado no dia 15 de fevereiro no Hotel Vila Porto Mare, na Ilha da Madeira. Depois, voará para Faro no dia 17, onde realizará outro processo de recrutamento no Hotel Faro, voando posteriormente para Braga no dia 20 para o Melia Hotel & Spa. O processo de entrevistas terá início às 09h da manhã.

Os candidatos devem entregar o seu currículo em inglês, atualizado e com uma fotografia recente. A companhia aconselha que os candidatos preencham um formulário online no site de carreiras do Emirates Group, mesmo antes de participarem no dia aberto.

Critérios de Seleção

A empresa tem algumas regras em relação à apresentação dos candidatos. Para que sejam considerados, os candidatos de ambos os géneros devem optar por um vestuário formal. Para os candidatos do género feminino, é pedido que estejam de cabelo atado, com saltos altos e maquilhagem no rosto. Em relação aos candidatos do género masculino, um dos poucos requisitos é a barba feita.

Todos os candidatos devem já ter completado os 21 anos de idade na altura da inscrição, ter 1,60 metros de altura ou um alcance de braço de 212 centímetros quando se encontram em ponta dos pés.

É exigido ainda que todos os candidatos tenham o 12º ano de escolaridade concluído, ou seja, o nível de ensino obrigatório em Portugal, e devem ter fluência escrita e oral da língua inglesa.

No caso de candidatos com tatuagens, as mesmas devem ser cobertas pelo uniforme da Emirates. “Capacidade para se adaptar a novas pessoas, novos lugares e novas situações” assim como estar fisicamente apto para exercer este “papel exigente com um índice saudável de massa corporal”.

Ordenado e benefícios

No início, e de acordo com o site da Emirates, o ordenado base está fixado nos 1.066 euros mensais, estando previsto o acrescento de 15,32 euros, tendo como base entre 80 e 100 horas de viagem por mês. Em relação ao salário médio, este pode alcançar os 2.290 euros mensais.

Em termos de custos de transportes para os aeroportos e acomodação em hotéis, os mesmos serão da responsabilidade da empresa, e o dinheiro para a alimentação é distribuído na moeda do país onde aterram. Os rendimentos são livres de impostos, e a empresa, para além de oferecer seguro de saúdo, oferece também uma habitação gratuita caso os candidatos se queiram estabelecer no Dubai – ainda que seja uma casa moderna em regime de partilha.

Os colaboradores da Emirates têm direito a 30 dias de férias durante o ano, e ainda lhes é providenciado um bilhete anual para o país de origem do trabalhador.

 

Fonte: O Jornal Económico