Empresa paga a funcionários para dormirem mais

A empresa de seguros norte-americana Aetna paga até 300 dólares por ano a funcionários que durmam mais de 7h por noite.

Quem aceitar participar pode ganhar 25 dólares por cada 20 noites bem dormidas com um limite máximo de 300 dólares anuais (cerca de 270€).

No ano passado, de um total de 25 mil funcionários, cerca de 12 mil fizeram parte deste projecto, que foi criado devido à preocupação da empresa com o impacto que a falta de sono pode ter no desempenho profissional dos colaboradores.

Verificação das horas de sono

As horas dormidas podem ser registadas de forma automática através de um monitor de pulso ligado à rede de computadores da Aetna.

Os funcionários que optem por não utilizar o controlador, uma vez que pode interferir com a capacidade de adormecer, podem inserir as horas de sono manualmente no sistema. “Não estamos preocupados com a veracidade das horas, está no sistema de honra, nós confiamos na nossa equipa”, diz Kay Mooney, vice-presidente de benefícios a colaboradores da Aetna.

Outros benefícios

Mooney acrescenta também que este programa de sono é “um dos muitos hábitos saudáveis que queremos na nossa equipa” e confirma que os colaboradores também recebem pagamentos extra por praticarem exercício físico.