Nem toda a preparação do mundo o vai ajudar a passar uma imagem de melhor candidato para o cargo se não for eficientemente comunicativo. Existem determinadas frases e palavras que têm um impacto negativo. Conheça essas palavras e frases antes de entrar na sua próxima entrevista de emprego.

Abaixo estão algumas dicas sobre o que deve evitar dizer e como continuar a comunicar positivamente, independentemente sobre o que pode ser debatido ou questionado durante a entrevista.

«Sou perfecionista»

Numa típica entrevista de emprego, muito provavelmente será questionado acerca das suas fraquezas. Apesar de não as querer expor, principalmente quando pretende impressionar, a resposta não é: sou perfecionista.

Todos temos as nossas fraquezas, por isso pense atempadamente e prepara-se para explicar como ultrapassou essa fraqueza ou o que está a fazer para melhor esse aspeto sobre si. Os recrutadores querem testemunhar a sua proatividade e força de vontade para ultrapassar dificuldade e desafios que possam aparecer no seu caminho.

«Não sei»

O seu esforço para passar uma imagem confiante é destruída quando diz “Não sei” durante a entrevista de emprego. Sim, existem questões difíceis que lhe podem ser questionadas ou que requerem um pensamento mais profundo, é verdade. Mas, em vez de dizer “Não sei” porque é mais fácil, pense um pouco mais sobre o assunto para poder dar uma resposta inteligente.

Pode repetir a questão e depois dizer: “É uma boa questão. Deixe-me pensar um pouco”. Isto permite-lhe um pouco mais de tempo para responder algo com qualidade. Também ajuda demonstrar ao recrutador que se manteve calmo sobre a pressão que lhe foi imposta com essas questões.

«O meu chefe era…»

Pode ser questionado sobre o que não aprecia no seu atual ou antigo emprego, mas a entrevista não é o local ideal para falar mal da gerência do seu antigo patrão ou como a empresa trata de forma injusta os seus colaboradores.

O foco deve estar no desafio que foi o ambiente de trabalho e como melhorou a situação e superou esse desafio. Isto pode servir como uma ponte sobre o que pretende alcançar futuramente – por exemplo, expandir o seu conhecimento e experiência, algo que o seu emprego atual não pode ajudar a cumprir.

«Aceito o que houver»

Passar uma imagem de desespero não é apelativo em muitas situações, especialmente numa entrevista de emprego. Os recrutadores procuram candidatos confiantes e com a experiência e competências para alcançar resultados.

Eles não recrutam com base no nível de desespero dos candidatos, por isso evite dizer que está desesperado por um emprego.

«O que é que a sua empresa faz?»

Sim, é normal querer expressar que está interessado e que tem questões, mas não questione o recrutador sobre algo que já deveria saber à partida. Perguntar sobre o que a empresa faz ou onde estão os outros escritórios demonstra que não fez a sua pesquisa para conhecer a empresa.

Muita da informação que procura com estas questões estão à sua disposição no website da empresa e outras redes sociais. Como viu, rapidamente uma boa entrevista pode-se tornar numa catástrofe.

Siga sempre uma comunicação positiva para ajudar a demonstrar o seu nível de confiança e desejo de melhorar as suas competências e ajudar a levar a empresa para a frente.

 

Fonte: Work It Daily