Lucros baixos são um dos maiores pesadelos de uma empresa, mais propriamente do seu superior. Para aqueles que querem manter o seu trabalho e avançar na empresa, a comunicação com aqueles que estão acima é crucial. Conheça quatros frases que o seu chefe não quer ouvir de si e saiba o que deve dizer nessas situações.

«Eu não tenho tempo»

Apesar da crise ter deixado um grande impacto – e ter piorado – o que se segue, isto já vem antes da chegada da crise. Já há algum tempo que as empresas vêm a diminuir o seu tamanho, em termos de colaboradores, duplicando ou mesmo triplicando as tarefas dos trabalhadores que vão ficando.

Ninguém tem tempo suficiente para fazer tudo, incluindo o seu chefe. Por isso, em vez de soar maldisposto e frustrado, tente:

«Adorava tratar disso. Podemos debater e discutir as prioridades tendo em conta as outras tarefas que estou a desempenhar?»

O ponto-chave aqui é não dizer apenas sim, especialmente se já está cheio de trabalho. Vai acabar afogado em trabalho e desgastado.

Mas ao mesmo tempo, vai querer transmitir força de vontade. Ao insinuar ao seu chefe que algo vai ter de ficar para trás para se dedicar ao que ele lhe vai pedir, este deve (esperemos) perceber a dica para se certificar que o favor que lhe vai pedir é realmente importante.

«A culpa é do outro»

Isto é tão irritante como o seu primo – A culpa não é minha. Culpar outra pessoa não é como um adulto lida com a situação. Mesmo que a culpa não seja sua, apontar o dedo vai passar uma imagem de infantilidade.

Se o problema deriva das suas ações, apenas lamente o sucedido, assegure ao chefe que não se volta a repetir e tente solucionar o problema.

Caso tenha sido realmente culpa de outra pessoa, tente:

«Percebo a sua preocupação. Concordo que esta situação não se desenvolveu de forma positiva para a empresa. Mas gostava de falar consigo e com (o culpado) para perceber melhor o que aconteceu de errado e como evitar repetir este erro.»

«Não posso fazer isso»

Existem dois significados para “Não posso”. O primeiro significa que realmente não consegue fazer o que lhe foi proposto, que pode ser dito de forma mais positiva. O segundo significa que não quer fazê-lo, o que neste caso é lhe aconselhado a apresentar as razões que o impedem de o fazer.

Se realmente não pode – quando o seu chefe lhe pede para desenhar duas linhas vermelhas em azul – tente dizer: “Desculpe, estou um pouco confuso. Está-me a pedir para…” e depois repete o que lhe foi pedido. Isto costuma dissipar qualquer confusão que tenha existido e ganha o seu respeito, e por vezes pode levar ao começo de um diálogo para assegurar que ficou tudo esclarecido.

Se o que quer dizer é “não quer”, tente:

“Existe muito potencial aqui, mas estou a ver alguns obstáculos. A nossa missão afirma que priorizamos a satisfação do nosso ciente a todo o custo, por isso acho que aumentar os preços e diminuir os serviços vai contra essa visão.”

«Estou de ressaca»

Ou “A minha esposa é tão irritante” ou “A Joana da contabilidade é uma besta”, ou detalhes íntimos do seu encontro. O seu chefe não é o seu melhor amigo, e mesmo que seja, fale sobre estas coisas fora do local de trabalho.

Tem de ter cuidado quando partilha informação pessoal no local de trabalho. Apesar de todos os tipos de discriminação serem ilegais, provar atos discriminatórios é mais difícil do que parece, e muitos colaboradores preferem separar a sua vida privada da profissional.

Conheça o seu chefe; alguns têm a consciência e respeitam o facto de que os seus colaboradores têm uma vida fora do trabalho, e realmente estão interessados quando lhe perguntam como está. Mas como tudo na vida, também existe o contrário.

Se realmente está de ressaca – pare de beber na noite anterior ao trabalho – e o seu chefe pergunta-lhe como está, porque se nota que não está bem, tente:

«Peço desculpa, mas hoje não estou no meu melhor. Vou tomar um café e focar-me no (projeto que está atualmente no topo da sua lista de prioridades)».

O ponto-chave aqui é mostrar ao seu chefe que, apesar de estar mal, está no local de trabalho, focado nas suas tarefas e dará o seu melhor.

 

Fonte: LifeHack