Estágios

A Fundação da Juventude abriu candidaturas para mais de mil vagas para estágios dirigidos a estudantes finalistas do ensino superior. Os estágios realizam-se entre Julho e Setembro, as candidaturas já arrancaram e “à medida que são preenchidas deixam de estar disponíveis online”.

No total, existem cerca de 1000 vagas que estão “disponíveis em mais de 100 áreas de formação que vão desde saúde, a tecnologias passando pelo ensino, formação, ambiente, gestão ou áreas específicas como antropologia ou bioquímica”.

De acordo com um comunicado emitido, “os estágios estão disponíveis em todo o país, sendo que cada estudante tem a possibilidade de se candidatar até 4 vagas de estágio”. Os candidatos recebem subsídio de alimentação e de transporte, assim como um seguro de acidentes pessoais.

“Na última edição do programa PEJENE a taxa de empregabilidade, verificada após a realização do estágio, foi de 19%, o que representa um acréscimo de 4% face a 2015. São resultados que se revelam bastante significativos, tendo em conta a conjuntura atual, em que existe uma grande dificuldade de empregabilidade por parte de jovens diplomados”, comenta Ricardo Carvalho, presidente executivo da Fundação da Juventude.

As áreas mais procuradas pelas empresas para preencher são Economia, Finanças e Gestão de Empresas (13%), Comunicação Publicidade e Marketing (19%), Apoio Administrativo e Secretariado (10%) e Informática e Tecnologias (9%).

Nesta edição houve um aumento de mais de 100% em áreas como Relações Internacionais e Arqueologia e Lisboa, Porto e Leiria são os distritos com o maior número de ofertas. De referir também que “Nos Açores, onde na edição anterior não existia qualquer oportunidade de estágio, encontram-se agora disponíveis 13 ofertas”.

Candidaturas

 

Fonte: Dinheiro Vivo