Contactar candidatos passivos – que não procuram emprego activamente – pode ser um desafio. Se procura alguém qualificado, possivelmente este já está a ser contactado por dezenas de recrutadores.

Então, como se destacar e conseguir a atenção do seu candidato ideal?

O e-mail que enviar tem que se destacar dos restantes, pelas razões acertadas, e sem dar motivos para ser ignorado.

Mas como? Reunimos algumas dicas e templates para criar emails de sucesso que cativem a atenção dos candidatos que procura:

1. Crie um e-mail que chame a atenção

A maioria destes e-mails, são criados de forma automática ou têm conteúdo que “copiou e colou” de outros e-mail, alterando apenas o nome/e-mail do candidato. Já todos recebemos e-mails assim e, geralmente, são apagados.

Para começar, certifique-se que o seu e-mail não sobressai pelas piores razões. Enviar e-mails com o nome do candidato incorrecto ou com erros na formatação pode excluí-lo logo à partida.

Por outro lado, tem 99% de hipóteses de se destacar se demonstrar que fez o “trabalho de casa” e que personalizou o e-mail. Pode, por exemplo, incluir um comentário sobre o desempenho profissional do candidato ou algo do seu portfólio.

Exemplo 1:

“Assunto: Procuramos o melhor Software Engineer para integrar a ABC.

Olá “nome”

O meu nome é X e sou o CEO da ABC. Encontrei o seu perfil no Alerta Emprego enquanto procurava Software Engineers experientes em Ruby. Fiquei impressionado com a sua experiência e decidi contactá-lo.

Até ao momento, o sucesso da nossa empresa consiste em encontrar os melhores candidatos e coloca-los a trabalhar em projectos desafiantes, excitantes e divertidos e por isso concentro o meu tempo em encontrar o melhor talento para a nossa empresa.

Podemos ter uma posição em aberto que seja do seu interesse, mas antes gostaríamos de saber se existe abertura para apresentar a nossa oferta.

Fico a aguardar para saber se existe interesse em saber mais.

Cumprimentos,

X”

2. Não detalhe a história da empresa

O tempo é precioso e, num primeiro contacto, explicar em detalhe o que a empresa faz pode ser um desperdício de tempo.

Se o candidato já conhecer a empresa, provavelmente já sabe o que fazem. Se for a primeira vez que ouviu falar, receber uma explicação detalhada no primeiro contacto leva a que o seu e-mail seja só mais um.

O que pode fazer, é incluir algumas palavras que indiquem a área de actuação da empresa.

Exemplo 2:

Assunto: Vi os seus projectos ZYX e adorei!

Olá “nome”

Sou engenheiro na ABC , encontrei o seu portfóllio e fiquei bastante interessado nos seus projectos.

Gostaria de saber se estaria interessado em trabalhar connosco na ABC – caso haja interesse podemos combinar um encontro na próxima semana para discutir o assim.

Cumprimentos,

X”

3. Foque-se em conseguir um encontro

Se está à espera que o candidato leia o seu e-mail e assine o contrato de imediato, está enganado. A maioria das pessoas não toma uma decisão assim apenas com alguns e-mails trocados.

Assim, o objectivo do seu e-mail deve ser conseguir um encontro pessoal, ou em alternativa uma chamada telefónica.

Exemplo 3:

“Assunto: Nome, nova oportunidade de carreira para si!

Olá “nome”

Tive oportunidade de ver o seu currículo e aprender um pouco sobre a sua experiência profissional.

Se estiver aberto a ouvir novas propostas, gostaria de combinar uma reunião – que poderá ser via telefone – ao invés de começar a “vender” a nossa ideia.

Temos uma posição em aberto que poderá ser ideal para si, mas antes gostaríamos de saber se existe abertura para apresentar a nossa oferta.

Qual seria a melhor forma e altura para nos reunirmos?

Aguardo feedback.

Cumprimentos,

X”

 

Como conseguir um “subject” que chame a atenção?

Quando está a definir o assunto do seu e-mail deve ter em atenção uma série de factores: tamanho, clareza, personalização, entre outros.

Tamanho

Quanto mais pequeno melhor. Geralmente, 2 a 6 palavras é o ideal e mais eficaz. Para além disso, quanto maior o “assunto” maior a probabilidade de ficar cortado.

Exemplo:

“Nova oportunidade para Analista de Dados” em vez de “Abra o e-mail e descubra detalhes sobre a vaga para Analista de Dados que pode ser perfeita para si”.

Clareza

Não seja demasiado vago com o “assunto” do e-mail”. Seja claro com o tema do e-mail e vá “directo” ao assunto

Exemplo:

“Procura-se Software Developer” em vez de “Abra já este e-mail”

Personalização

Tente personalizar o “assunto” do e-mail. Para além do nome do candidato, adicionar outros factores – tal como a região – pode aumentar bastante a sua taxa de aberturas do e-mail.

Exemplo:

“Procuramos Engenheiro para Setúbal” em vez de “Procuramos Engenheiro”.

Anti-spam

Leia o “assunto” do seu e-mail de forma “crítica”. Pense, se recebesse esse e-mail, de que forma reagiria? Soa a algo legítimo ou apenas a mais um e-mail que nos chega diariamente? Se soar “demasiado bom para ser verdade”, então é altura de repensar.

Exemplo:

“Nova oportunidade de carreira para si” em vez de “Ganhe milhões com esta nova oportunidade”.

 

Conheça a nossa solução de Pesquisa de Cvs

Outras dicas

Faça uma pesquisa: conheça a experiência do candidato e as suas competências e qualificações, saiba qual a sua posição actual na empresa e quais os seus objectivos de carreira.

Personalize a sua mensagem: sempre que possível, refira o nome do candidato e outros dados relevantes – nome da empresa onde trabalha, links para o portfólio, etc.

 

Conheça a nossa solução de Pesquisa de Cvs

Fonte: Reply Io