A pandemia trouxe muitas mudanças nas empresas, entre elas a implementação de novos métodos de trabalho. Adotar o modelo de trabalho híbrido está em cima da mesa para algumas.

Após vários meses em tele-trabalho e de adaptação por parte das empresas e dos funcionários, a normalidade começa a ser reposta. Mas, provavelmente já ouviu falar do trabalho híbrido.

Então, vamos-lhe dizer o que precisa de saber sobre o trabalho híbrido.

O que é e como funciona o trabalho híbrido?

Resumidamente uma empresa que adote o modelo de trabalho híbrido, tem funcionários a trabalhar no escritório e em tele-trabalho.

Algumas empresas ponderam agora – devido à pandemia – implementar este tipo de trabalho, essencialmente por preocupações de segurança e restrições da pandemia.

A política de trabalho híbrido não é algo novo, embora tenha começado a ouvir falar mais tendo em conta a situação pandémica.

Mas isto tem dois lados, há empresas em que têm funcionários sempre em tele-trabalho e outra parte sempre presencial e há uma outra política mais flexível, em que todos os funcionários ficam remotos parte do tempo e pessoalmente algumas vezes.

No cenário mais flexível, o funcionário pode ter a capacidade de decidir que dias prefere trabalhar presencialmente e, caso necessite, ter a capacidade de alterar dia a dia.

Os modelos de trabalho híbrido também variam em termos das horas que o funcionário espera trabalhar. Então, embora algumas empresas ainda exijam que todos trabalhem num horário fixo, outras permitem que os funcionários escolham inteiramente seus próprios horários.

Quais são os prós e os contras para os funcionários?

Idealmente, o trabalho híbrido oferece uma combinação perfeita de conveniência e produtividade.

Então, pode poupar tempo em deslocações, pode deixar trabalhos que exijam mais concentração para fazer em casa ou contar com a ajuda de colegas quando vai ao escritório.

O trabalho híbrido permite que os funcionário criem um maior equilíbrio e autonomia.

No entanto, existem algumas desvantagens no trabalho híbrido. Uma é que pode ser mais difícil estabelecer ligação com toda a equipa.

Outra desvantagem é que os funcionários que trabalham mais (ou sempre) no escritório, juntamente com as chefias, podem ser mais visíveis – isso pode ser positivo ou negativo.

O que deve questionar se a sua empresa adotar este modelo?

Como o trabalho híbrido significa coisas diferentes para cada empresa, certifique-se de fazer perguntas com antecedência.

Estas são algumas perguntas específicas enquanto a pandemia continua e a segurança é a prioridade:

  1. Quais são os protocolos para manter o escritório limpo à medida que diferentes funcionários entram e saem?
  2. Existe algum lugar no escritório onde os funcionários não sejam obrigados a usar máscara? Podemos comer no escritório? Se sim, onde?
  3. Haverá reuniões ou áreas comuns onde as equipas podem sentar-se a dois metros de distância?
  4. Houve alguma mudança nas nossas políticas de licença médica? (Por exemplo, alguém que se sente mal deve ficar em casa seja qual for a situação?)
  5. A empresa definiu diretrizes sobre em que circunstâncias o escritório pode ter que fechar novamente ou reduzir a capacidade?
  6. É necessária a realização de teste e/ou requisitos de vacina?
Questões de flexibilidade e logística

Para ter a certeza que entendeu a política de trabalho híbrido da sua empresa, questione o seguinte:

  1. Posso trabalhar remotamente e no escritório? Como será tomada a decisão de que modelo irei adotar?
  2. Posso escolher quantos dias passo no escritório ou remotamente?
  3. Posso mudar minha programação de dias no escritório e em casa?
  4. Devo trabalhar em horários definidos?
  5. Preciso programar os meus dias no escritório e remotos com antecedência? Se sim, com que antecedência?
  6. Serei obrigado a comparecer em certas reuniões de equipa ou outras atividades?
  7. As políticas são gerais para a empresa ou podem variar por departamento?
  8. Qual é a configuração do escritório? Terei um espaço de trabalho próprio ou mais alguém o usará quando eu estiver em casa?
  9. Haverá espaço para trabalhar se eu precisar de ir ao escritório no dia em que seria suposto estar a trabalhar remotamente?
QUestões sobre factores de desempenho

Certifique-se que não será penalizado por aproveitar a política de trabalho híbrido.

Assim, pergunte sobre quaisquer preocupações que possa ter em relação às avaliações de desempenho, a sua capacidade de fazer o trabalho, etc:

  1. Haverá alguma ajuda para despesas escritório doméstico ou utilitários, ou até para quem precisa de alugar um espaço de co-working?
  2. Quais são os planos da empresa para garantir que as avaliações de desempenho e as oportunidades sejam equitativas e não sejam afetadas (consciente ou inconscientemente)?
  3. Que medidas estão a tomar para garantir que os funcionários remotos tenham acesso às mesmas informações que os funcionários no escritório a qualquer momento?
  4. Como é que os gerentes estão a ser formados para gerir o trabalho híbrido?
  5. Que plano estão a tomar para ajudar na formação e ligação dos funcionário que ficam em trabalho remoto?

 

Então, esta será provavelmente uma mudança duradoura consequente da pandemia. O mundo do trabalho mudou e as empresas adaptam-se ao que acham mais viável.

Fonte: The Muse