Já todos estivemos em entrevistas de emprego e pensámos, “O que posso fazer para este recrutador gostar o suficiente de mim para me oferecer uma proposta?”, isto porque é preciso muito mais do que a experiência profissional para conseguir a posição. Se o recrutador não acreditar que se enquadra na cultura empresarial da organização, pode dizer adeus a esta oportunidade.

No entanto, parece que pode conseguir ter mais poder sobre o entrevistador – durante a entrevista – do que inicialmente pensava…

Estudos mostram que a imitação pode torná-lo mais agradável

O livro de Jonah Berger, Invisible Influence: The Hidden Forces That Shape Behavior, apresenta evidências que suportam o uso da imitação discreta como uma forma de criar uma ligação com alguém que pretende influenciar. Quer tenhamos noção disto ou não, os humanos estão “programados” para refletirem os comportamentos uns dos outros e para reagir a essas ações. Especificamente, o autor afirma que um indivíduo que utilize esta abordagem (espelhar o comportamento da outra pessoa) tem uma maior oportunidade de conseguir o que quer do que um indivíduo que não utilize esta estratégia. E apesar do recrutador não ser um oponente, é necessário convencê-lo de que é o candidato ideal. O que significa que se realmente pretende esta oportunidade, tem de tomar especial atenção ao comportamento do seu entrevistador – e atuar de acordo com o mesmo.

Dica #1 | Tome atenção ao nível de entusiasmo do recrutador

Algumas pessoas têm um maior controlo da sua linguagem corporal (ou seja, não se mexem muito, mantêm as suas mãos paradas), enquanto que outra são mais expressivas (movimentam muito as mãos enquanto fala ou estão sempre a mudar de posição na cadeira). Prestar atenção ao entusiasmo do recrutador pode ajudá-lo a adaptar a sua forma de estar.

Dica #2 | Siga as suas expressões faciais

Semelhante ao nível de entusiasmo da sua linguagem corporal, algumas pessoas são mais reservada (não sorriem muito e são mais difíceis de ler), enquanto que outras são exatamento o oposto. Considere ajustar a sua própria expressão facial e tom de voz para adaptar à forma como o recrutador se expressa.

A melhor forma de arrasar numa entrevista? Prepara-se!

Apesar de esta abordagem o poder ajudar a tornar-se num candidato mais agradável, nada é mais eficiente do que estar 100% preparado para a ocasião. A preparação para a entrevista de emprego é vital para construir a sua autoconfiança, para se manter calmo e arrasar na entrevista.

Fonte: INC.