Esta é uma das coisas que um trabalhador ambiciona, mas não sabe quando e como pedir. Para evitar situações desconfortáveis, e devido ao peso que envolve esta ocasião, é necessário ter uma estratégia pensada e repensada, para evitar chegar ao momento e simplesmente improvisar, acredite…não iria correr bem.

Fique com estes conselhos de modo a ficar preparado para dirigir esta situação ao seu superior.

Peça após uma grande conquista

Acabou de fechar um grande negócio, e acima de tudo lucrativo para a empresa? Esta parece ser uma boa oportunidade para questionar o seu patrão. Aproveite esta ocasião de grande sucesso pessoal e profissional e talvez consiga estar na posição ideal para o fazer.

Escreva e pratique

Não opte por entrar no escritório do seu superior e simplesmente improvisar. Faça uma lista concreta de razões que justifiquem o seu aumento. Escreva e treine para conseguir questionar o seu patrão de modo confiante.

Para além disso, mencione o quanto expandiu as suas tarefas iniciais e as responsabilidades que agregou ao seu trabalho e projetos que supervisionou e os planos que tem em mente para implementar num futuro próximo de modo a aumentar o sucesso do seu departamento.

Pode também imprimir e entregar uma versão escrita ao seu patrão, para que o mesmo o possa avaliar, sozinho ou com outros membros da gerência.

Planeie o seu pedido de acordo com a empresa

Deve ter em conta a política de revisão da empresa. Se analisam o desempenho da empresa trimestralmente, semestralmente ou anualmente.

Pode discutir essa situação discretamente com os seus colegas ou até mesmo pedir ajuda aos Recursos Humanos para conseguir ter um senso da melhor altura para fazer o pedido. Se possível, tente alinhar o seu pedido com o plano financeiro da empresa.

Vista-se a rigor

Mesmo que a sua empresa não possua um código de indumentária, para esta ocasião deve estar vestido adequadamente.

Dedique um pouco do seu tempo a planear a sua roupa. Apesar de não ser ideal exagerar, tente passar uma imagem profissional. Só o ajudará a ganhar aquele impulso na autoconfiança.

Tenha um segundo plano

Ninguém quer ouvir “não”, mas a rejeição pode lhe garantir uma oportunidade para fazer outra proposta. Gostava de poder ter um dia por semana onde trabalharia a partir de casa? Precisa de algum equipamento para a atividade do seu trabalho?

Há alguma conferência ou algo do género onde gostava de participar? Sabia que o seu patrão estará mais inclinado a responder “sim” a um pedido de menor escala, após ter rejeitado um pedido maior?

Não faça o pedido por e-mail

Apesar de ser aceitável agendar uma reunião através do e-mail, isto é uma conversa que deve optar por ter cara-a-cara. É a melhor forma de mostrar que realmente é um assunto sério para si e de conseguir avaliar a reação do seu patrão.

Não o faça durante alturas de stress na empresa

Evite a todo o custo levar este assunto ao seu patrão numa altura de grande stress para a empresa. É melhor esperar que as coisas acalmem e perguntar durante uma ocasião mais calma ou pelo menos quando notar que o seu patrão está de bom-humor.

Não faça nenhum ultimato

Tenha atenção ao modo como aborda o seu patrão. Evite parecer que está a obrigá-lo a ceder à sua proposta.

Claro que isto não implica que deve ir com receio e nervoso, muito pelo contrário, deve abordar o seu patrão com confiança e convicção, mas tenha especial atenção ao seu tom. Atue de modo paciente, profissional e compreensivo.

Não utilize o salário dos seus colegas como justificação

Evite trazer para o escritório do seu patrão os mexericos da empresa. Mesmo que tenha conhecimento de que existe pessoal que ganha mais que você e que na sua opinião deveria ter um salário igual ou maior, deixe esse pormenor fora da conversa.

Verdade ou mentir, foque-se na sua experiência individual e apenas no seu desempenho e objetivos para justificar este aumento.

Evite transformar o pedido demasiado pessoal

Idealmente, o seu pedido deve basear-se no seu crescimento dentro da empresa e em todas as conquistas individuais que trouxeram sucesso e lucro para a empresa. Evite enumerar razões pessoais, exemplificando, o despedimento do seu parceiro ou a ida do seu filho para a faculdade ou semelhantes.

O que esperar após o pedido

Apesar de querer o aumento logo na altura em que pediu, não espere uma resposta imediata. A não ser que esteja numa pequena empresa, o seu superior pode nem ter a autorização para lhe conceder o aumento, mesmo que o queira fazer. Muito provavelmente será um assunto a ser discutido no conselho da empresa e com os Recursos Humanos.

Resumindo, isto é uma ação que requer um planeamento na economia da empresa e o que está envolvido e o que poderá acontecer com o seu aumento, por isso adote uma postura paciente, profissional e sempre compreensiva.

 

Fonte: The Balance Careers