A maioria das pessoas sai de uma entrevista com um de dois sentimentos: ou que arrasaram na entrevista, ou que foi completamente caótico.

Acabam por passar horas obcecados, se não dias ou semanas, a relembrar as suas respostas e comportamento, e pensar na ideia com que o recrutador ficou.

Mas as coisas não têm de ser um mistério entre a altura em que sai da entrevista e a altura em que recebe a resposta a afirmar se ficou ou não com o cargo.

De acordo com alguns profissionais de carreira, existem alguns sinais durante a entrevista e nos dias seguintes que o podem ajudar a perceber se ficará com o cargo ou não.

1. O recrutador parece estar a gostar da conversa

Quando o entrevistador está a ouvi-lo atentamente – e parece genuinamente interessado no que tem para dizer – isso é um bom sinal de que está no bom caminho.

Para perceber se o mesmo está a gostar da conversa, fique atento ao comportamento do recrutador, neste caso à sua linguagem corporal (sorrisos, contacto visual, etc).

«Ações falam mais alto que palavras.»

– Debra DelBelso, Career Center Director, Siena College.

2. O recrutador faz-lhe uma visita guiada ao espaço antes de sair

Se o recrutador dedicar um tempo extra para lhe mostrar a empresa e o apresenta a alguns colaboradores antes de sair, isto pode demonstrar que a empresa está a pensar em contratá-lo.

«A maioria dos recrutadores apresenta uma ideia da agenda que poderá vir a assumir.»

– Amber Cloke, Ithica College Advisor.

3. A entrevista demora mais do que o previsto

Se a sua entrevista de emprego passa da hora prevista para terminar, o recrutador claramente está interessado em conhecê-lo melhor.

«É provável já ter passado o critério inicial que eles procuravam, e o facto de eles continuarem a investir mais tempo e energia em si pode ser promissor.»

– Amber Cloke, Ithica College Advisor.

4. O recrutador tenta vender-lhe a ideia da empresa

Como candidato, é previsível que passe grande parte do tempo da entrevista a falar de si e das suas experiências e competências, de modo a persuadir o recrutador de que é um bom investimento para a empresa.

Mas se o entrevistador se esforçar conscientemente para falar sobre a empresa, é um grande sinal de que estão impressionados consigo e tentam convencê-lo a “aceitar o cargo”.

 «É provável já ter passado o critério inicial que eles procuravam, e o facto de eles continuarem a investir mais tempo e energia em si pode ser promissor.»

– Dale Austin, Career Development Center Director, Hope College.

Se o recrutador investir o tempo da entrevista a falar sobre a empresa, pode indicar que a organização está muito interessada na sua candidatura.

5. O recrutador menciona o seu nome frequentemente

Se um recrutador se mostra determinado em saber o seu nome e colocá-lo na conversa, não estranhe nem se sinta desconfortável.

«Quando eles referem o seu nome, já estão a fazer a conexão. Estão a vê-lo a trabalhar com a empresa, e ao usar o seu nome, estão a tentar envolvê-lo.»

– Devony Coley, WinterWyman Recruiting Firm Senior Consultat.

6. O recrutador menciona frequentemente as vantagens, benefícios, políticas e remunerações

Isto pode fazer parte da sua “estratégia de venda”. Se e quando um recrutador começa a debater as políticas e os benefícios da empresa – e alarga-se até à remuneração – existe a possibilidade de estarem a pensar em contratá-lo. Certamente que a empresa não iria perder o seu tempo a expor toda esta informação se não estivessem interessados em si.

7. O processo de acompanhamento é explicitamente discutido

No fim da entrevista, se o recrutador mencionar ou explicar o próximo passo do processo de recrutamento sem que lhe pergunte nada, então isto é um claro sinal de que é um dos potenciais candidatos a ficar com a vaga – a não ser que seja um daqueles genéricos «Entraremos em contacto futuramente.».

«Se um recrutador está interessado num candidato, eles podem até perguntar para quando gostaria de receber uma resposta.»

– Kevin Hewerdine, Career Services and Employer Relation Director, Rose-Hulman IOT.

8. O recrutador pergunta-lhe se pode enviar uma lista de referências

Se à saída o recrutador lhe pedir uma lista com referências, deverá ficar entusiasmado. A maioria dos recrutadores não pedem referências até planearem contactá-los, coisa que só fazem quando realmente estão a considerar o candidato.

9. Quando a despedida se prolonga

Talvez o recrutador apenas seja muito falador – mas se ele continua a questioná-lo ou a falar sobre a empresa enquanto se tenta despedir, muito provavelmente deixou uma boa impressão no recrutador.

«Se o recrutador parecer estar a prolongar as despedidas enquanto o acompanha até à saída, tente perceber se ele pretende falar mais dar continuidade à conversa…Inconscientemente, os recrutadores têm este comportamento porque já estão confortáveis por ser um forte candidato ao cargo…»

– Matthew Randall, Center for Professional Excellence Director, York College, Pensylvania.

 

Fonte: Business Insider