Por acaso, alguma coisa deste género soa-lhe familiar:

  • Ultimamente tem adormecido na sua secretária?!
  • Só o pensamento da sua empresa o deixa desconfortável?!
  • Quando tenta entusiasmar-se com algo relacionado com o trabalho, simplesmente só quer sair de lá?!

Parece que algo está a pedir uma mudança na sua vida, talvez mudar de emprego…ou será mudar de carreira?

Mas se mudar de emprego já é uma dor de cabeça por si só, então mudar completamente de carreira parece ser o dobro das dores de cabeça.

Como esta mudança é de extrema ponderação, há que ter atenção para não sair de um bom setor pelas razões erradas. Assim sendo, como é que pode ter a certeza que é a altura certa para mudar? Não se preocupe, siga os conselhos abaixo e tente analisar a sua situação e perceber até que ponto a sua solução passar por mudar de emprego ou carreira.

Está frustrado no emprego, mas um novo emprego deixa-o cansado e aborrecido

Por vezes, mudar de emprego pode ser como uma brisa de ar fresco: uma nova cultura empresarial, uma oportunidade de ser aumentado, um tipo diferente de gerência ou equipa. E por vezes só o pensamento de fazer mais do mesmo, até rodeado de ouro e a comer chocolates e a beber champanhe, deixa-o completamente em baixo.

Se está a pensar em mudar de emprego e a ideia de fazer mais do mesmo deixa-o em baixo, então talvez esteja no setor errado.

Pense na razão para se estar a sentir assim. Será do ambiente da empresa, os seus colegas ou patrão, a empresa em si ou até mesmo o tipo de trabalho que faz na empresa?

Saberá que a razão é o trabalho assim que notar que não consegue ter energia para começar um novo projeto ou tarefa. Ou em alturas em que se encontra a procrastinar sempre que tenta começar um novo projeto. Ou até mesmo quando nem boas oportunidades o deixam entusiasmado.

Resumindo

Se ponderar todas as opções possíveis para justificar a sua perda de entusiasmo e energia e percebe que o verdadeiro fator é o trabalho em si, então parece que está na altura de considerar outro tipo de trabalho.

Já não tem um plano futuro para si

E quando pensa no futuro e onde estará daqui a cinco anos e a sua única resposta é: “A fazer o mesmo é que não é de certeza”.

Por vezes alguns trabalhos são difíceis, ou não tão bons ou um completo aborrecimento durante algum tempo. Exemplificando, muitos licenciados quando entram para uma empresa, como iniciantes, encontram-se a fazer trabalhos mais pesados em vez de algo mais interessante.

Mas quando pensa no seu futuro, onde estará daqui a cinco anos, isso demonstra que se interessa. Se consegue ver um caminho a seguir, um trabalho que virá na sua direção ou uma alteração nas circunstâncias que o fará sentir-me bem, então isso é um bom sinal.

Quer dizer que afinal a sua falta de entusiasmo ou energia deve-se a um começo difícil, a um mau momento ou até mesmo a algo que faz parte da sua aprendizagem enquanto pessoa e trabalhador.

No entanto, se quando pondera sobre o seu futuro, parece-lhe que não tem planos nenhuns e só o pensamento de ter mais responsabilidades ou experiência o deixa com vontade de fugir e esconder-se, então é um sinal de que deve mudar de carreira.

Hoje em dia, ter várias carreiras é algo comum. Não se preocupe nem fique receoso. A sua preocupação agora é tomar atenção aos sinais, porque todos nós merecemos um trabalho que gostemos, e não apenas um para pagar as contas.

 

Fonte: The Muse