startups vs multinacionais3

Trabalhar numa grande empresa não é melhor nem pior do que trabalhar numa startup. É apenas diferente.

Saber qual a melhor opção para si também depende da sua personalidade, do estilo de trabalho e daquilo que pretende fazer com a sua carreira.

À partida, as principais e mais visíveis características são que, as grandes empresas têm um horário definido, enquanto as startups são mais flexíveis. Ou também que, algumas startups oferecem comida, enquanto as grandes empresas oferecem benefícios;

Mas a longo prazo, o que será melhor para sua carreira? Trabalhar numa startup ou numa grande empresa?

Tal como diz este artigo no The Muse, pense no seguinte:

Uma startup pode proporcionar-lhe um horário mais flexível agora, mas será que vai dar-lhe a oportunidade de chegar a uma posição de topo no futuro?

Um trabalho numa multinacional pode ser o lugar perfeito para se enquadrar numa função, mas será que vai dar-lhe a possibilidade de utilizar o seu pensamento criativo?

Experimente também responder a estas 10 perguntas para perceber qual o seu emprego ideal.

Se estiver indeciso sobre qual o caminho a tomar, pondere:

  1. Sabe exactamente qual a função que quer desempenhar na sua vida ou ainda está indeciso?
  • Numa startup espera-se que os colaboradores façam um pouco de tudo, caso seja necessário (e normalmente é): isto é óptimo se ainda não tem certezas quanto àquilo que pretende fazer na sua carreira a longo prazo. Se ainda não está seguro daquilo que quer fazer, um papel numa startup pode ajudá-lo a ganhar competências e conhecimentos em várias funções. (No fim até pode chegar à conclusão de que o que pretende fazer é mesmo isto: ter uma variedade de responsabilidades).
  • Numa grande empresa, as funções são mais marcadas: um gerente, apenas gere, um analista de negócios cria relatórios e um comercial só faz vendas. Assim, se já sabe o papel que pretende para si, este tipo de ambiente pode realmente ajudá-lo a crescer e a aperfeiçoar as suas competências sem ter de se concentrar noutras tarefas.
  1. Quais os recursos de que precisa para alcançar os seus objetivos?
  • Quem acaba a licenciatura e começa a trabalhar numa startup pode ficar um pouco perdido, pois pode não ter pessoas com muita experiência que o ajudem. Normalmente vai ter que tirar dúvidas em livros e sites na internet.
  • Numa grande empresa, podem existir mais recursos à disposição: normalmente, os colegas de trabalho têm bons conhecimentos, os chefes têm anos e anos de experiência, e a empresa tem os seus próprios guias e manuais para tudo.
  1. Que tipo de experiência pretende e durante quanto tempo?
  • Numa grande empresa, pode sentir-se frustrado por achar que a sua presença tem pouca influência no que acontece dentro da organização. Na verdade, há sempre alguém acima de si que toma decisões.
  • Numa startup, o colaborador pode ter muito mais autoridade, possibilidade de expressar a sua opinião, ser ouvido e ter mais participação nas decisões.
  • Além disso, provavelmente vai conseguir saber muito mais acerca do funcionamento interno de uma startup.

Aproveite e veja também as 10 lições que se retiram de trabalhar numa Startup.

  1. Qual o ambiente que o vai ajudar realmente a chegar ao sucesso?

Na verdade, deve pensar sobre quais são os fatores essenciais que o podem ajudar a chegar aos seus objetivos.

Será que é melhor para si trabalhar num local onde se pensa “fora da caixa” ou num local com um ambiente estruturado e que trabalha metodicamente?

É uma questão de reflectir sobre os seus reais objectivos e onde se vai sentir mais realizado!