No mundo globalizado de hoje, a tendência será para que o ambiente de trabalho das empresas acabe por se tornar totalmente diversificado. Na Teleperformance Portugal, esta é a única realidade atual.

Além do habitat multicultural em que coexistem 95 nacionalidades, vive-se nesta empresa a verdadeira diversidade geracional. Porque a idade é apenas um número, este ambiente organizacional é composto por 5 gerações! Nesta equipa, o colaborador mais jovem tem 18 anos e mais o mais velho 75. É através deste gap geracional que é possível construir uma equipa única, enriquecida pelas mais diversas características, conhecimentos, comportamentos e experiências.

Para algumas organizações, a gestão da diversidade é um desafio. Na Teleperformance, essa gestão tem vindo a contribuir para o seu desenvolvimento e crescimento. Considerando aquilo que cada geração procura, investe-se na satisfação e engagement dos colaboradores.

Pensando na geração mais recente que está agora a começar a entrar no mercado de trabalho – a geração Z – e que busca intensamente a utilização da tecnologia para tudo, a Teleperformance mostra-se inovadora pelo acompanhamento que tem dado à transformação digital. A incorporação de tecnologia pela automação, robótica e inteligência artificial tem vindo a ser uma das prioridades nesta empresa, sem esquecer a sua abordagem high tech high touch com interesse para todas as gerações.

Com o hábito de ser tudo acessível e imediato através de um simples clique no telemóvel, computador ou outro dispositivo digital, a geração Z e os Milllennials (ou geração Y) procuram alcançar esta característica do mundo virtual em situações organizacionais. O desejo pelo rápido desenvolvimento e progressão de carreira são exemplos disso. Através de departamentos e espaços dedicados à formação da equipa, como o Learning Hub, ou de programas de gestão de carreira que permitem aos colaboradores assumir novas funções, como o JUMP!, a Teleperformance consegue responder a estas aspirações.

Mas não só nestas gerações pensa esta empresa. A formação Six Sigma que a Teleperformance implementou na organização, é um dos programas de training com mais destaque para as gerações que assumem um maior lugar nas posições de liderança e já estáveis na sua função, como a geração X, os Baby Boomers ou os Tradicionalistas. Esta estratégia tem como objectivo dotar a equipa com conhecimentos de otimização de processos e eliminação de falhas na empresa.

Focado na vivência de novas experiências para os colaboradores, indispensáveis à geração Z e aos Millennials, a Teleperformance deu asas ao TP Club, que nunca mais deixou de voar. Este clube que se dedica a criar momentos memoráveis, através do mais diverso tipo de workshops – yoga, mergulho, cozinha tailandesa, desenho, etc –, torneios desportivos, aulas de surf, concursos de talentos, e de tantas outras atividades e eventos que celebram a diversidade da empresa. Esta é também uma das formas de resposta à importância que, principalmente os Millennials, dão ao equilíbrio entre a vida profissional e pessoal.

As gerações mencionadas são também as que têm mais preocupações humanitárias e ecológicas e que querem sentir-se envolvidas neste tipo de causas. É a pensar na responsabilidade que a Teleperformance tem enquanto organização, que criou os programas de Citizen of the World and Citizen of the Planet. Através destes programas é possível para a equipa participar em iniciativas que ajudam a comunidade e o ambiente.

Em termos de reconhecimento de desempenho individual, altamente valorizado pela geração X e os Baby Boomers, a Teleperformance tem várias iniciativas internas de agradecimento pelo compromisso dos membros da sua equipa, como a premiação dos Top Performers que acontece todos os meses. Esta atenção dada aos colaboradores reflete-se nesta organização também de outras formas. Quer seja pelos programas já referidos, pela existência de uma clínica in-house, de um departamento dedicado apenas ao suporte dos colaboradores ao longo da sua vida na empresa ou outros.

Por fim, o foco das empresas deve não só ser na criação de motivação e engagement tendo em conta os diferentes grupos de idade, mas na sua inclusão. Cada uma destas 5 gerações, através das suas características, fortalece o ambiente organizacional moderno. Esta diversidade cria um ecossistema de aprendizagem e evolução.

Na Teleperformance atenta-se às pecularidades de cada uma das gerações presentes, mas principalmente fomenta-se uma cultura de cross-generation, através de relações colaborativas, partilha de conhecimento, respeito, igualdade e cidadania.

 

Queres conhecer a Teleperformance melhor? Espreita o seu blog ou sabe todas as suas vagas de emprego aqui.