Existem certos tópicos que deve evitar debater no local de trabalho, pois trazer estes temas ao de cima pode deixar os seus colegas desconfortáveis ou influenciar as suas opiniões sobre si e a sua capacidade de trabalhar. Constrangimentos no local de trabalho pode afetar a eficiência do mesmo e até mesmo o desempenho do colaborador. E ninguém quer ser a causa disso.

Religião

Apesar de parecer que a religião é um tópico que está sempre na boca das pessoas, este é um daqueles que deve ter especial atenção quando o menciona no emprego. A fé de uma pessoa é algo muito pessoal, e muitas pessoas são sensíveis a isso. Não há necessidade de ser reservado sobre a sua religião – de todo, é perfeitamente normal mencionar como celebra a sua religião – mas tenha em consideração que nem todos são dedicados à mesma religião.

Não discuta as suas crenças muito profundamente e deixe de fora opiniões negativas que tem sobre as crenças dos outros. Os seus colegas não querem ouvi-lo dizer que discorda com eles sobre isto ou que a sua religião é que é a indicada para todos. Nunca, em qualquer situação, tente persuadir alguém com quem trabalha a converter-se à sua fé.

Política

A política é, muito provavelmente, o tópico mais volátil de todos. Exalta os ânimos das pessoas e até já levou ao fim de relações, mesmo entre amigos próximo e familiares. Tendo em conta o tempo que passa no trabalho e a necessidade em conviver e trabalhar lado-a-lado com os seus colegas, conversar sobre este tópico não vale o vosso tempo.

Mesmo que apoie fortemente o seu candidato, ou que tenha uma opinião fortemente negativa sobre o opositor ao seu candidato, não tente convencer os seus colegas a passarem para o seu lado. Vai ser um esfoço fútil que apenas causará mais ressentimentos que alegrias.

Vida Sexual

Nunca discuta os detalhes da sua vida sexual. Nunca mesmo. Não existe razão nenhuma para todos saberem o que se passa debaixo dos seus lençóis…ou em cima. Este tópico deixa qualquer um desconfortável e pode deixar os seus colegas constrangidos ao seu redor.

Debater a sua vida sexual pode deixá-lo em problemas, do tipo legal. Se alguém se sentir intimidado ou pensa que criou um ambiente de trabalho ofensivo, ele ou ela podem reportar uma queixa de assédio sexual.

Problemas Familiares

Discutir os problemas que tem com a sua família pode deixar os outros, incluindo o seu superior, a pensar se estas dificuldades poderão influenciar o seu trabalho. Mesmo que saiba que uma coisa não irá afetar a outra, os seus colegas e chefes não o sabem.

Quando os supervisores ou gerentes são francos sobres os seus problemas, os seus subordinados podem ver isso como um ponto fraco que podem explorar para seu próprio proveito. Isto pode enfraquecer a sua autoridade.

Além disso, destacar os seus problemas no local de trabalho fará de si o alvo dos rumores e boatos.

Ambições Profissionais

Não há problema em ver o seu atual emprego como apenas um degrau numa longa escada cheia de degraus, mas fique com este conselho: guarde esse sentimento apenas para si. Falar sobre as suas ambições deixará, e com boas razões, o seu superior a questionar a sua lealdade e algum ressentimento por parte dos seus colegas.

Caso esteja interessado em crescer dentro da atual empresa, tenha um desempenho excecional, e claramente, deixe o seu chefe a par dessa ambição.

Problemas de Saúde

Apesar dos problemas de saúde – psicológicos ou físicos – não serem algo de que deva sentir vergonha, não quer dizer que tem de estar constantemente a falar dele no local de trabalho. Debater – ou não – os seus problemas de saúde no local de trabalho será sempre uma opção sua, mas independentemente do quanto partilha sobre as suas condições, evite falar sobre isto até á exaustão.

Quando estiver a decidir o que deve partilhar com os seus colegas, pense nisto: quando os seus colegas sabem que está doente, eles podem colocar em causa o seu desempenho, tal como nos problemas familiares. Mesmo que as suas preocupações não tenham fundamento, vai deixar sempre dúvidas nas suas mentes, e influenciará a perceção que têm sobre si.

 

Fonte: The Balance Careers