linkedin google plus facebook twitter
Home / Entrevistas / 10 erros que não pode fazer na Entrevista de Emprego

10 erros que não pode fazer na Entrevista de Emprego

entrevista de emprego

A entrevista de emprego é o momento decisivo da sua candidatura. Mesmo que o seu CV seja óptimo e preencha todos os requisitos da função, um pequeno deslize na entrevista pode fazê-lo perder a oportunidade de emprego.

Por isso, compilámos os 10 erros que não pode fazer, se quiser ser bem sucedido:

1. Não se preparar antecipadamente para a entrevista de emprego

O mais comum (e provavelmente o pior) erro é não fazer pesquisa sobre a empresa e a vaga.  O entrevistador espera que saiba qual o produto/serviço que vende e que conheça minimamente a cultura empresarial.

Antes da entrevista de emprego, consulte o site e páginas nas redes sociais da empresa e, se possível, do entrevistador. No dia da entrevista deve ter “na ponta da língua”:

  • Os produtos da empresa;
  • O público-alvo da empresa;
  • O modelo de negócio;
  • O nome dos principais concorrentes;
  • A cultura empresarial (séria, descontraída, competitiva, ecológica…);
  • Detalhes da função a que se candidatou (volte a ler o anúncio de emprego).

Esta pesquisa também lhe vai permitir saber que tipo de roupa deve utilizar na entrevista de emprego.

 

2. Não se recordar de todos os pormenores do seu percurso profissional

Imagine que é o entrevistador, pergunta ao candidato há quanto tempo terminou a Licenciatura, e este demora muito tempo a responder. Provavelmente duvidará da veracidade das suas afirmações.

Leia e releia o seu Curriculum Vitae antes da entrevista de emprego. Fixe as principais datas e competências e associe a cada experiência profissional um história de sucesso para mostrar que é o candidato ideal.

 

3. Não aproveitar todas as oportunidades para dar exemplos de sucesso

Quando o entrevistador lhe pergunta “O que fez na Empresa YZ?” está a dar-lhe uma hipótese o convencer do seu valor. Para além de explicar qual era a sua função e responsabilidades, deve dar exemplos de sucesso. Alguns bons exemplos são:

  • “Durante os 5 anos em que trabalhei na Empresa YZ, tive a meu cargo uma equipa de 21 comerciais. Implementei uma nova metodologia de trabalho e consegui aumentar as vendas em 12%, enquanto a maioria das outras PMEs perdeu volume de vendas.”
  • “Como técnica de Recursos Humanos na Organização ABC, tinha a responsabilidade de recrutar, formar e motivar os novos colaboradores. Na altura, a ABC tinha uma elevada taxa de rotatividade. Dos 24 profissionais que contratei, só 3 saíram da empresa.”

 

4. Não mostrar entusiasmo pela oportunidade

Os gestos, o tom de voz, as palavras que utiliza… são muitas as formas como deixa transparecer as suas emoções. Um candidato que se recosta na cadeira, olha para o relógio e aparenta estar aborrecido, com certeza não ficará com o emprego.

Se está realmente interessado na oportunidade de emprego, demonstre-o. Explique o que lhe despertou o interesse quando viu o anúncio de emprego e deixe a sua postura corporal falar: sorria, incline o corpo para a frente e olhe para os olhos do recrutador.

 

5. Focar-se em si próprio

A entrevista de emprego é o momento ideal para mostrar que consegue ajudar a empresa  – não o momento ideal para dizer como é que a empresa o pode ajudar a si.

Foque o seu discurso nas necessidades da empresa e explique como as pode colmatar. Em vez de “Esta vaga é ideal para mim porque me pode ajudar a atingir o objectivo de vir a ser CEO um dia” diga “A minha determinação e experiência vão ajudar a empresa a penetrar em novos mercados, como o Angolano e o Moçambicano”.

 

6. Ser passivo

Passivo = secante = dificilmente conseguirá o emprego.

A entrevista de emprego não é um interrogatório em que o recrutador faz perguntas e o candidato se limita a dar respostas curtas. É, na realidade, uma conversa entre duas pessoas que têm algo em comum – paixão pela empresa e desejo de preencher aquela vaga.

Lembre-se que o entrevistador também é uma pessoa, e portanto criar uma ligação emocional é de extrema importância.

 

7. Não fazer perguntas durante a entrevista de emprego

Se não as fizer, estará a perder uma óptima oportunidade para ficar a saber mais sobre a empresa e a função. Além disso, o recrutador está à espera que faça questões, por isso não pode mesmo cometer este erro.

Algumas perguntas que pode fazer ao recrutador:

  • Como é o típico dia de trabalho nesta função?
  • Que tipo de competências faltam à equipa, e que procuram preencher com este recrutamento?
  • Que formação me será dada?
  • O que seria, para si, mais importante ver alguém a realizar nos primeiros 30, 60 e 90 dias de trabalho?
  • O que o levou a integrar a Empresa XXX?
  • O que gosta mais nesta empresa?

 

8. Soar demasiado arrogante

85% dos recrutadores escolheu “arrogância/antipatia” como o maior erro que um candidato pode fazer numa entrevista de emprego.

Evite a todo o custo parecer “superior” e falar negativamente sobre a função ou empresas onde trabalhou anteriormente. Tenha atenção à postura e tom de voz – às vezes os nervos podem fazê-lo parecer altivo.

 

9. Não ver o entrevistador como uma pessoa

Nos processos de recrutamento, os entrevistadores estão a falar com futuros colegas, por isso a personalidade e simpatia são fortemente analisados. Criar um elo emocional com o recrutador pode ser o suficiente para ser contratado.

Encontre um elemento em comum com o recrutador: a família, o hobby, o desporto, a instituição de ensino, um conhecido em comum…

Converse com o entrevistador em vez de simplesmente responder ao guião de perguntas.

 

10. Estar demasiado focado em ser perfeito

E, por fim, não deixe o stress de querer ser bem sucedido vencer.

Por muitos conselhos que leia, por muitas listas de perguntas que prepare – algo de inesperado acontecerá. Respire fundo e aja com naturalidade. Deixe o discurso fluir e crie empatia com o entrevistador.

Não ponha demasiada pressão em cima de uma entrevista – se esta não correr bem, mais virão.

 

About Alerta Emprego

O Alerta Emprego é um portal de emprego que ajuda empresas e recrutadores a encontrar os melhores candidatos e a gerir processos de recrutamento. Além de promover anúncios de emprego, o Alerta Emprego funciona como uma base de dados de CVs pesquisável, tornando mais fácil a procura de candidatos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*